Categories: Giro do Boi

Beef + Lamb Nova Zelândia marca sete tendências-chave no mercado de carne

A entidade Beef + Lamb New Zealand destacou o premium e a saúde como duas principais tendências definidas para moldar a indústria.

Em seu relatório, Moldando o futuro do setor de carnes vermelhas da Nova Zelândia, o B + LNZ identificou sete tendências principais que estão impactando o setor e ofereceu recomendações para as empresas de carnes responderem a elas.

A B + LNZ encomendou à Kantar Singapore o desenvolvimento do relatório que será usado para informar suas prioridades nos próximos anos, além de explorar com os parceiros. Os resultados já foram inseridos em outro projeto importante no qual a B + LNZ está trabalhando com empresas de processamento destinadas a identificar possíveis novos caminhos para o mercado.

As sete tendências são:

Premium diversificado: uma explosão de diferentes formas e narrativas sobre o que significa premium.

Meu corpo, minha ciência: o crescimento em modelos alternativos de saúde e a explosão de dados de saúde.

Novas autoridades de escolha: como a tecnologia e os algoritmos desintermediam os negócios tradicionais para os relacionamentos com os consumidores.

Redescobrindo conexões: reavaliando a modernidade e interessando-se mais pelas práticas tradicionais.

Mordomos de confiança: o desejo contínuo de “transparência total” em um mundo de confiança cada vez mais baixo.

Re-canalizando recursos: repensando o caminho do mercado para nossos escassos recursos.

Abraçar a “VUCA” (sigla em inglês): como o novo normal – volatilidade, incerteza, complexidade e ambiguidade – moldará tudo.

Para ajudar os produtores a aproveitar ao máximo essas tendências, a B + LNZ ofereceu os seguintes apelos à ação:

Exportando uma cultura alimentar: continue o impulso em direção a produtos alimentícios de valor agregado vinculados a uma cultura única da Nova Zelândia.

Maximizar co-produtos: garanta que obtemos o maior valor possível dos co-produtos, tanto para gerar lucratividade quanto para proteger contra o aumento de alternativas de carne.

Reformulando a sustentabilidade: assumindo o controle do debate sobre a sustentabilidade, definindo nossa história e contando-a com mais eficácia

Impulsionando a transparência além da rastreabilidade: usando as ferramentas certas para garantir que nossos ótimos produtos possam evidenciar sua “grandeza”.

Possuir novas narrativas premium: continue desenvolvendo os atributos e a narrativa exclusivos da Nova Zelândia e comunicando-os aos consumidores nos mercados globais.

Conduza o debate sobre saúde: estabeleça firmemente nossas credenciais de saúde e se envolva com nossas “tribos” de saúde.

Estabelecer sistemas de colaboração e inovação: para desbloquear o potencial do setor

O executivo-chefe da B + LNZ, Sam McIvor, disse: “Precisamos entender as tendências futuras para que a B + LNZ, os agricultores e a indústria em geral possam estar preparados e garantir que nossas estratégias e decisões de investimento tomadas hoje posicionem a indústria para um futuro de sucesso.

“O que é agradável é que algumas das recomendações do relatório já estão sendo implementadas e existem algumas oportunidades e projetos interessantes em andamento”.

Fonte: GlobalMeatNews.com, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

This post was published on 4 de dezembro de 2019

Share
Published by
Equipe BeefPoint

Recent Posts

Preço do Novilho do Mercosul segue perdendo força

O Novilho Mercosul voltou a cair nesta semana. O índice apurado pela Faxcarne apontou queda… Read More

25 de setembro de 2020

Equipamentos 3D são capazes de imprimir de um tudo — agora, até carnes

Em 1984, um estudante de engenharia perguntou ao americano Chuck Hull, inventor da impressora 3D,… Read More

25 de setembro de 2020

Certificação da Carne Hereford colhe resultados positivos em Santa Catarina

Assinado no final de 2019, o contrato entre a Associação Brasileira de Hereford e Braford… Read More

25 de setembro de 2020

BNDES volta a pedir ação por danos à JBS

Amparada por decisão favorável em tribunal arbitral, a BNDESPar, braço de participações acionárias do Banco… Read More

25 de setembro de 2020

Primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa já imunizou 166 milhões de animais

Os dados parciais da primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa em 2020 mostraram… Read More

25 de setembro de 2020

Pecuária orgânica é oportunidade pós-pandemia

Atividade ainda incipiente no País, a pecuária orgânica é viável e representa uma oportunidade de… Read More

25 de setembro de 2020