Balança tem superávit de US$ 1,316 bilhão na terceira semana de maio

A balança comercial brasileira registrou superávit de US$ 1,316 bilhão na terceira semana de maio, informou nesta segunda-feira (20) a Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia. O valor é resultado de exportações de US$ 4,526 bilhões e importações de US$ 3,210 bilhões no período. Em maio, o saldo da balança está positivo em US$ 3,711 bilhões e, no ano, ultrapassa os US$ 20 bilhões.

As exportações nas três semanas de maio ainda sustentam crescimento de 8%, se comparadas a maio de 2018, pelo critério de média diária. Por dia, nesse período, o país embarcou US$ 994 milhões.

A alta nas vendas externas foi puxada por manufaturados (+33,3%) por conta, principalmente, de óleos combustíveis, partes de motores e turbinas para aviação, aviões, gasolina e autopeças. Também cresceram os embarques de semimanufaturados (+15,7%), com destaque para semimanufaturados de ferro/aço, ferro-ligas, ferro fundido bruto, madeira serrada ou fendida, couros e peles. A venda de básicos, em contrapartida, caiu 1,7% pela média diária, puxada por menor envio de soja em grãos, petróleo em bruto, farelo de soja, minério de cobre e arroz em grãos.

A média diária de importações até a 3ª semana de maio (US$ 684,9 milhões) subiu 8,5% na comparação com igual mês de 2018. Nesse comparativo, cresceram os gastos, principalmente, com adubos e fertilizantes (+28,1%), químicos orgânicos e inorgânicos (+18,2%), combustíveis e lubrificantes (+15,9%), equipamentos mecânicos (+9,0%) e equipamentos eletroeletrônicos (+8,1%).

Fonte: Valor Econômico.

Deixe seu comentário

Todos os campos são obrigatórios


ou utilize o Facebook para comentar