Categories: Giro do Boi

Austrália tem boas previsões para 2010-11

As previsões para a indústria de carne bovina da Austrália são positivas, com os preços médios dos bovinos, volumes e valores de exportação devendo aumentar em média em 2010-11, embora os abates totais de bovinos adultos devam continuar sem mudanças com relação ao ano anterior, de acordo com o último relatório da Agência Australiana de Agricultura e Recursos Econômicos (Australian Bureau of Agricultural and Resource Economics – ABARE).

De acordo com a ABARE, os preços médios do gado para 2010-11 deverão ficar 4,5% maiores do que no ano anterior (uma média dos preços dos novilhos, vacas e novilhos pesados comercializados em 2010-11, ponderada pela proporção de machos e fêmeas abatidas no ano). Com as excelentes condições climáticas nos estados do leste do país até agora em 2010-11, a forte demanda por bovinos jovens têm pressionado os retornos nos leilões para os níveis mais altos dos últimos quatro anos. Para o período de 12 semanas desde o começo do ano fiscal de 2010-11, os preços nacionais de novilhos comerciais foram em média 5% maiores do que no mesmo período de 2009-10, enquanto os preços das vacas e dos novilhos pesados aumentaram em 7% e 3%, respectivamente.

Após um ano muito difícil em 2009-10, as exportações australianas de carne bovina deverão começar lentamente a aumentar, crescendo em 1% em 2010-11, para 920.000 toneladas. As exportações para os dois maiores mercados da Austrália, Japão e Estados Unidos, deverão aumentar em 3% e 14%, para 360.000 toneladas e 240.000 toneladas, respectivamente. Entretanto, é necessário notar que o aumento de 14% de vendas aos Estados Unidos é mais um reflexo dos baixos níveis de 2009-10, que, com 210.000 toneladas exportadas, foi o menor resultado em um ano fiscal desde 1996-97.

Os preços médios indicativos de importação de carne bovina para Japão e Estados Unidos para 2010-11 deverão aumentar em termos de dólares por quilo, aumentando em 2% e 10%, respectivamente. Entretanto, para os exportadores australianos, qualquer beneficio dos maiores preços nesses mercados pode ser prejudicado pelo alto dólar australiano. No entanto, mesmo com o forte dólar australiano, a ABARE previu que o valor total das exportações de carne bovina e de vitelo deverá aumentar em 10% em 2010-11, para A$ 4,4 bilhões (US$ 4,18 bilhões).

Considerando as melhores condições climáticas na maioria das regiões produtoras de bovinos, o rebanho bovino australiano deverá se expandir em 0,7% no ano, para 28,4 milhões de cabeças, à medida que muitos produtores tomam medidas para começar a reconstruir seus rebanhos, que foram reduzidos por causa da seca.

Em 24/09/10:
1 Dólar Australiano = US$ 0,95177
1,05032 Dólar Australiano = US$ 1 (Fonte: Oanda.com)

A reportagem é do Meat and Livestock Australia (MLA).

This post was published on 27 de setembro de 2010

Share

Recent Posts

Preço do Novilho do Mercosul segue perdendo força

O Novilho Mercosul voltou a cair nesta semana. O índice apurado pela Faxcarne apontou queda… Read More

25 de setembro de 2020

Equipamentos 3D são capazes de imprimir de um tudo — agora, até carnes

Em 1984, um estudante de engenharia perguntou ao americano Chuck Hull, inventor da impressora 3D,… Read More

25 de setembro de 2020

Certificação da Carne Hereford colhe resultados positivos em Santa Catarina

Assinado no final de 2019, o contrato entre a Associação Brasileira de Hereford e Braford… Read More

25 de setembro de 2020

BNDES volta a pedir ação por danos à JBS

Amparada por decisão favorável em tribunal arbitral, a BNDESPar, braço de participações acionárias do Banco… Read More

25 de setembro de 2020

Primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa já imunizou 166 milhões de animais

Os dados parciais da primeira etapa de vacinação contra a febre aftosa em 2020 mostraram… Read More

25 de setembro de 2020

Pecuária orgânica é oportunidade pós-pandemia

Atividade ainda incipiente no País, a pecuária orgânica é viável e representa uma oportunidade de… Read More

25 de setembro de 2020