Categories: Giro do Boi

Austrália: receita dos produtores deve melhorar

A receita média das fazendas produtoras de carne bovina da Austrália deverá aumentar significantemente em 2008-09, assistida por melhores condições climáticas e maiores abates de bovinos, especialmente no norte da Austrália, de acordo com um recente relatório da Agência Australiana de Agricultura e Recursos Econômicos (Australian Bureau of Agricultural and Resource Economics – ABARE) – “Australian beef: Financial performance of beef farms, 2006-07 to 2008-09”.

O contínuo crescimento no rebanho bovino no norte da Austrália durante 2008-09, coincidindo com uma melhora nas condições climáticas gerais, apoia o aumento na previsão da ABARE para as receitas nas fazendas do norte da Austrália. Apesar de um aumento de 14% nos custos das fazendas, as maiores taxas de abate em 2008-09 contribuíram para o aumento nas receitas, com receita média devendo aumentar em 47% com relação ao ano anterior, para A$ 105.200 (US$ 83,81).

A receita deverá aumentar significantemente em 2008-09 para pequenas (100-400 cabeças), médias (400-1.600 cabeças) e grandes (1.600-5.400 cabeças) em fazendas do norte do país, enquanto a receita média para fazendas muito grandes (mais de 5.400 cabeças) deverá declinar com relação aos níveis de 2007-08. O declínio de 59% nas receitas de fazendas muito grandes no norte da Austrália, de A$ 288.900 (US$ 230,16) em 2008-09, é principalmente devido a um aumento nos custos, incluindo compras de gado, alimentos, combustíveis e mão-de-obra. Somente a previsão dos custos de compra de gado de corte enfrentados pelos maiores operadores no norte da Austrália foi de 97% em 2008-09, para A$ 482.200 (US$ 384,15) comparado com um aumento de 36% em todas as fazendas de carne bovina do norte, com média de A$ 62.900 (US$ 50,11).

No sul da Austrália, a previsão da receita também é de aumento em 2008-09. A receita média para as fazendas do sul deverá aumentar em 59% com relação a 2007-08, para A$ 65.900 (US$ 52,50), com os aumentos ocorrendo em fazendas de todos os tamanhos. Contribuindo para as maiores receitas nas fazendas produtoras de carne bovina do sul da Austrália em 2008-09 está o aumento previsto de 32% nas receitas com gado e um aumento de 38% nas receitas com colheitas, junto com menores custos de alimentos animais e combustíveis. Entretanto, parcialmente compensando as maiores vendas e receitas de colheita está a previsão de aumento de 77% nas compras de gado de corte.

A reportagem é do Meat and Livestock Australia (MLA), traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

This post was published on 24 de junho de 2009

Share

Recent Posts

China retomará importação de frigoríficos suspensos no início da pandemia

A China deve anunciar nos próximos dias a retomada das importações de carne dos quatro… Read More

21 de outubro de 2020

Acordos com EUA podem elevar exportações de manufaturados em até 12%, diz embaixada do Brasil

As exportações brasileiras para os Estados Unidos podem aumentar 7,8%, como resultado do acordo de… Read More

21 de outubro de 2020

BNDES sobe o tom em disputa com a JBS

A dez dias da assembleia extraordinária de acionistas que decidirá se a JBS deve processar… Read More

21 de outubro de 2020

‘Ataque à imagem do Brasil veio para ficar’

As ações do que o governo identifica como parte de uma campanha para manchar a… Read More

21 de outubro de 2020

Crescem vendas da Korin nas áreas de insumos e aditivos

A Korin Agricultura e Meio Ambiente, braço de pesquisa, consultoria e produção de insumos da… Read More

21 de outubro de 2020

JBS vai captar R$ 2 bilhões em CRAs para comprar bois

A JBS vai captar cerca de R$ 2 bilhões em Certificados de Recebíveis do Agronegócio… Read More

21 de outubro de 2020