Austrália e China fazem parceria no setor de carnes

Um memorando de entendimento (MOU) foi assinado entre os setores de carne australiano e chinês para promover uma parceria.

Como resultado de 18 meses de preparativos e discussões iniciados na Semana Internacional da Indústria de Carne da China em 2018, o MOU destaca a importância da China para a indústria australiana e destaca o compromisso de colaboração de ambos os lados. O CEO do Conselho da Indústria de Carne Australiana (AMIC), Patrick Hutchinson assinou o memorando de entendimento China Meat Red Agreement (CARMA) com a China Meat Association em Chengdu, China, em nome da AMIC, Meat & Livestock Australia e Australian Meat Processor Corporation.

“A China é o maior mercado de exportação de carne australiana, e manter e aprimorar nosso relacionamento com esse parceiro crítico é essencial para o futuro de nossa indústria. Este MOU serve para reforçar o forte valor que nosso setor atribui ao relacionamento e nosso grande respeito pela China como um parceiro comercial muito importante ”, disse Hutchinson.

“O objetivo deste MOU é estabelecer relações de cooperação formais e de longo prazo, fortalecer processos de segurança alimentar eficazes e práticos e permitir trocas bilaterais em torno de conhecimento técnico, marketing e investimento em pesquisa e desenvolvimento. Por fim, o MOU ajudará a garantir resultados comerciais benéficos para todas as partes. ”

Os objetivos de longo prazo do CARMA incluem o desenvolvimento das indústrias de carne vermelha de ambos os lados, uma cadeia de fornecimento aprimorada de carne australiana na China e o trabalho para otimizar as especificações do produto e os requisitos de rotulagem. Até agosto, a Austrália enviou mais de 172.000 toneladas de carne bovina, 45.000 toneladas de cordeiro e 39.000 toneladas de carne de carneiro à China, com um valor total de mercado de quase US $ 2 bilhões. Sob os termos do MOU, será formado um grupo de trabalho para ajudar a implementar os objetivos do CARMA para iniciar o programa cooperativo.

“A demanda por produtos de carne australianos continua crescendo na China e este MOU é mais um passo no sentido de garantir e aumentar esse importante relacionamento”, acrescentou Hutchinson. “Estendo minha gratidão à China Meat Association, Meat & Livestock Australia, Australian Meat Processing Corporation e minha própria equipe na AMIC por todo o seu trabalho duro na criação deste contrato, e estou ansioso para continuar trabalhando para obter os melhores resultados para nossa indústria. “

Fonte: GlobalMeatNews.com, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

Deixe seu comentário

Todos os campos são obrigatórios


ou utilize o Facebook para comentar