Categories: Giro do Boi

Austrália: ABARE prevê preços estáveis para 2009-10

O preço médio do gado bovino na Austrália em 2009-10 deverá ser quase igual ao de 2008-09, já que o maior dólar australiano e a menor demanda de exportação serão compensados pelas menores ofertas de gado à medida que os produtores buscam reconstruir seus rebanhos. De acordo com a Agência Australiana de Agricultura e Recursos Econômicos (Australian Bureau of Agricultural and Resource Economics – ABARE), o preço do gado em 2009-10 está previsto em média em A$ 2,96 (US$ 2,38) por quilo, comparado com A$ 2,95 (US$ 2,37) por quilo em 2008-09 e A$ 2,86 (US$ 2,30) por quilo em 2007-08.

De acordo com a ABARE, o rebanho bovino australiano deverá aumentar para 25,1 milhões de cabeças em 2009-10, 0,8% a mais do que em 2008-09, à medida que os produtores expandem seus rebanhos, especialmente no norte da Austrália. No sul do país, as atuais condições de seca têm adiado os esforços de reconstrução e impulsionado os abates. Entretanto, se a hipótese da ABARE sobre as melhores condições na segunda metade de 2009 se realizar, os abates de fêmeas deverão cair.

Dada a hipótese de melhores condições climáticas no sul da Austrália, a ABARE previu que os abates de bovinos em 2009-10 deverão permanecer estáveis com relação ao ano anterior, em 8,8 milhões de cabeças. Um aumento nos pesos médios das carcaças em 2009-10 deverá pressionar a produção total em 0,5% com relação ao ano anterior, para 2,18 milhões de toneladas.

Quanto às exportações, a ABARE previu que os envios de carne bovina australiana declinarão no próximo ano fiscal, caindo em 2%, para 940.000 toneladas. A baixa demanda, principalmente devido à desaceleração econômica, combinada com uma maior competição com os Estados Unidos, deverá levar as exportações ao Japão e à Coreia a um declínio de 3% e 5%, respectivamente, em 2009-10. Em contraste, a forte demanda por carne bovina processada dos EUA deverá contribuir para as exportações aumentarem em 7% em 2009-10, para 300.000 toneladas.

De acordo com a ABARE, a demanda por bovinos vivos australianos deverá cair, com os envios decrescendo em 2% com relação ao ano anterior, em 2009-10, para 780.000 cabeças.

A reportagem é do Meat and Livestock Australia (MLA), traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

This post was published on 2 de julho de 2009

Share

Recent Posts

Alemanha encontra seis novos casos de peste suína africana em javalis; já são 86 casos

Mais seis casos de peste suína africana (PSA) foram confirmados em javalis na região de… Read More

22 de outubro de 2020

China pede correções após inspeções em frigoríficos

A auditoria remota feita por autoridades chinesas em frigoríficos brasileiros que estão com as vendas… Read More

22 de outubro de 2020

Ipea eleva estimativa para o crescimento do PIB da agropecuária

A produção recorde de soja na safra 2019/20 e a confirmação de colheitas robustas de… Read More

22 de outubro de 2020

Inmet lança aplicativo com informações meteorológicas para o setor agrícola

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) lançou a versão do aplicativo SISDAGRO (Sistema de Suporte… Read More

22 de outubro de 2020

Produção sustentável nas metrópoles

Exposta pela greve dos caminhoneiros de 2018 e, em todas as suas cores, pela atual… Read More

22 de outubro de 2020

Fazendas urbanas conquistam consumidor

As fazendas urbanas estão colhendo mais do que ervas e verduras. Quatro operações ouvidas pelo… Read More

22 de outubro de 2020