Boi gordo: migração para carnes suína e de frango segura alta nos preços
12 de fevereiro de 2021
Falta de mão de obra, equipe desmotivada ou problemas constantes com colaboradores na fazenda?
12 de fevereiro de 2021

Aumento de gado na Austrália permitirá crescimento nas exportações

As projeções da Meat & Livestock Australia sobre a evolução do censo bovino neste país mostram que ele está crescendo após dois anos nos níveis mais baixos dos últimos 25 anos.

Em 2021, espera-se que cresça para 25,2 milhões de cabeças de gado após atingir 24,6 milhões de cabeças em 2020, o nível mais baixo desde 1990 devido à forte seca que o país experimentou.

A melhoria das condições sazonais no sul da Austrália ao longo de 2020 e as chuvas de verão acima da média no norte da Austrália durante a estação chuvosa de 2020-2021 até agora devem produzir uma abundância de gramíneas em todas as principais regiões produtoras de gado da Austrália, exceto partes da Austrália Ocidental.

O gerente de informações de mercado do MLA, Stephen Bignell, disse que 2021 representou uma nova fronteira para o mercado de gado australiano, com a combinação de rebanho reduzido, preços recordes e um mercado global tentando se recuperar da pandemia COVID-19.

Bignell disse que, apesar das expectativas de redução do abate, a produção doméstica de carne bovina deve permanecer inalterada em 2,1 milhões de toneladas, semelhante a 2020 e aos níveis registrados em 2017, que também foi uma recuperação do censo anual.

Bignell disse que as exportações de carne bovina devem aumentar 2% em 2021, para 1,1 milhão de toneladas, passando para 1,2 milhão de toneladas em 2023.

Por outro lado, as exportações australianas de gado vivo para 2021 deverão ser de 960.000 cabeças, 9% menos do que em 2020.

Fonte: Eurocarne, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *