Faep: Alta do boi faz mercado interno alavancar crescimento da avicultura
30 de março de 2021
Carne bovina: dificuldade no escoamento atrapalha negociação no mercado atacadista
30 de março de 2021

Argentina suspende 15 empresas exportadoras de carne por burlar sistema de controle sanitário

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Pesca da Argentina suspendeu 15 empresas do país por exportar carnes sem usar o Cadastro Único de Operadores da Cadeia Agroindustrial (RUCA). O mecanismo do governo atesta controle sanitário, de impostos e cambial. 

Os nomes das empresas não foram divulgados. Na ação, foram interditadas e apreendidas 40 toneladas de carnes congeladas destinadas à exportação. 

Após uma série de investigações de diferentes órgãos de controle da Argentina, foi possível descobrir as operações ilegais que se “dedicavam à exportação de carnes e grãos, ludibriando os controles do Estado e configurando concorrência desleal com o resto dos operadores, além dos danos para os cofres públicos”.

Após o bloqueio, as empresas terão de responder pelos atos à Administração Federal de Receitas Públicas (Afip), ao Banco Central da República Argentina (BCRA), e à Alfândega e Unidade de Informação Financeira (UIF), além da Justiça. 

Fonte: Valor Econômico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *