Categories: Giro do Boi

Argentina: Em 16 anos, mais de 63.000 estabelecimentos pecuários foram perdidos

O Indec divulgou novos dados sobre a produção pecuária na Argentina a partir do Censo Agropecuário Nacional (CNA) 2018. De acordo com o levantamento, entre 2002, o censo completo anterior e 2018, o número de propriedades agrícolas (PEA) com gado caiu 32,5%.

Em 2002, segundo o Indec, havia 193.886 fazendas com gado. Enquanto isso, no censo de 2018 existiam 130.803 fazendas com gado, uma redução de 63.083 unidades produtivas.

Conforme indicado pela agência, 76% dessas fazendas realizam produção agrícola com fins comerciais e com orientação única ou combinada, “enquanto os 24% restantes declararam que produzem para consumo na fazenda”.

De acordo com o relatório, do total de estabelecimentos existem 99.569 estabelecimentos com orientação à produção comercial. “Os estabelecimentos com orientação de produção comercial exclusiva representaram cerca de 89% dos estabelecimentos comerciais. Os dedicados à cria foram os mais representativos, com 48.966 estabelecimentos; enquanto os que se dedicaram a realizar o ciclo completo foram os que apresentaram o maior estoque de gado, com 14.292.462 cabeças ”, indicou o Indec.

De acordo com o trabalho, entretanto, das fazendas que declararam desenvolver mais de uma “orientação produtiva comercial conjunta, as que tiveram maior presença foram as que realizaram a reprodução e invernada com 3129 fazendas e 2.226.420 cabeças”.

Quando considerada a alimentação, existem 9600 fazendas com curral, 67.251 com suplementação e 35.573 sem suplementação de campo.

Por outro lado, dos estabelecimentos pesquisados, “6004 declararam desenvolver atividades de pecuária leiteira: 3903 declararam se dedicar exclusivamente a esta atividade com um total de 1.629.267 cabeças; o restante corresponde a combinações com outras orientações produtivas bovinas ”.

Fonte: La Nación, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

This post was published on 16 de setembro de 2020

Share
Published by
Equipe BeefPoint

Recent Posts

Carne argentina na Europa: da melhor do mundo à concorrência crescente

A carne argentina continua sendo um produto apreciado na União Europeia (UE), mas há importadores… Read More

14 de janeiro de 2021

Uruguai quer ampliar cota de carne dos EUA e exportar língua bovina ao Japão

O Uruguai pediu mais uma vez ao Japão que considerasse a possibilidade de entrada de… Read More

14 de janeiro de 2021

CEPEA: Indicador sobe 7% na parcial de jan/21 e recupera perdas de dez/20

Depois de recuarem 5,85% em dezembro, os preços da arroba do boi gordo no mercado… Read More

14 de janeiro de 2021

Em uma década, Brasil muda a geografia global de sua carne bovina

Em 2020, o Brasil bateu dois recordes na exportação de carne bovina. Em valor, saltou… Read More

14 de janeiro de 2021

Carnes: China importa quase 10 mi de toneladas em 2020, alta de 60%

A China importou 9,91 milhões de toneladas de carne em 2020, com um aumento de… Read More

14 de janeiro de 2021

Safra de grãos 2020/21 deve alcançar 264,8 milhões de toneladas

A safra de grãos 2020/21 deve alcançar a marca de 264,8 milhões de toneladas, conforme… Read More

14 de janeiro de 2021