Categories: Giro do Boi

Árabes importam menos carne bovina brasileira em 2020

Os três principais países árabes compradores de carne bovina brasileira tiveram queda no volume importado em 2020, frente a 2019. No ano, o Egito foi o segundo maior comprador de carne bovina brasileira, com 127.953 toneladas. O volume, no entanto, representou queda de 23% em relação a 2019. A Arábia Saudita, sexto no ranking geral, com 41.067 toneladas, também teve queda de 4,4% no volume comparado a 2019. Na sequência estão os Emirados Árabes Unidos, com 40.860 toneladas, queda de 44,2% no volume comprado em 2020 frente ao ano anterior.

Os dados foram divulgados pela Associação Brasileira de Frigoríficos (Abrafrigo) nesta sexta-feira (08), a partir da compilação de informações da Secretaria de Comércio Exterior (Secex/Decex) do Ministério da Economia. Para 2021, a associação espera que haja crescimento nas importações de mercados como o dos países árabes. Para isso, a Abrafrigo aposta na melhora da economia mundial impulsionada pelo início da vacinação contra a covid-19. No total, o crescimento previsto para as exportações de carne bovina brasileira é de 5%.

No total, as exportações de carne bovina do Brasil ultrapassaram 2 milhões de toneladas no ano. O número é recorde no setor, e o resultado foi um crescimento de 8% em volume e de 11% na receita do ano passado frente a 2019.

A China, somando as compras pelo continente e pela cidade estado de Hong Kong, foi a grande responsável pelo recorde, importando sozinha 1.182.672 toneladas. A receita gerada foi de US$ 5,1 bilhões, o que significou aumento nas compras de 58,6% em volume e de 60,7% na receita obtida com as compras do produto brasileiro.

No mês de dezembro, o volume exportado pelo Brasil foi de 168.156 toneladas, 3% menor do que o mesmo mês de 2019. Ainda em dezembro de 2020, a receita foi de US$ 741 milhões, com queda de 12% frente ao mesmo período do ano anterior.

Fonte: ANBA.

This post was published on 12 de janeiro de 2021

Share
Published by
Equipe BeefPoint

Recent Posts

Como melhorar a relação com o pai (ou outra pessoa da família) na fazenda?

Vem aí o primeiro Intensivão Legado 2021 sobre sucessão familiar na fazenda. Um dos nossos… Read More

15 de janeiro de 2021

Uruguai adota mais medidas preventivas contra Covid-19 em frigoríficos

Uma equipe público-privada multidisciplinar projetou medidas adicionais para os frigoríficos do Uruguai, buscando evitar os… Read More

15 de janeiro de 2021

Gestora KPTL faz aporte de R$ 3 milhões na startup de rastreabilidade Ecotrace

A KPTL, uma das principais gestoras de venture capital do Brasil, anunciou hoje um investimento… Read More

15 de janeiro de 2021

Marfrig reduz dívida com geração forte de caixa nos EUA

A extraordinária geração de caixa nos EUA viabilizará a redução da dívida bruta da Marfrig.… Read More

15 de janeiro de 2021

Emissão de certificados sanitários para produtos de origem animal cresce 18% em 2020

O Serviço de Inspeção Federal (SIF) registrou o aumento de 18% na emissão de certificados… Read More

15 de janeiro de 2021

Mapa abre consulta pública sobre habilitação de estabelecimentos e trânsito de produtos de origem animal

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) publicou, nesta quinta-feira (14), a Portaria nº 198 que… Read More

15 de janeiro de 2021