Alta de preços de ovos e de carnes de frango e suína deve continuar
13 de outubro de 2021
Reino Unido só poderá vender à China carne de animais de até 30 meses
13 de outubro de 2021

Após dois anos, Brasil registra novo caso de peste suína clássica

O Brasil notificou a Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) sobre um caso de peste suína clássica no país, o que não ocorria desde novembro de 2019. A doença foi diagnosticada no dia 14 de setembro em um animal de uma produção “de quintal” no Ceará. O exame foi feito pelo Laboratório Federal de Defensa Agropecuária de Minas Gerais. 

No comunicado à OIE, o governo brasileiro ressaltou que o Ceará não faz parte da zona livre de peste suína clássica do Brasil e que há restrições para a circulação de animais e produtos entre o Estado e áreas consideradas livres da doença. 

“As investigações ainda estão em andamento para identificar a origem e ligações epidemiológicas. As medidas de erradicação serão implementadas com abate dos animais existentes na propriedade e contatos dentro da mesma unidade epidemiológica”, disse o governo à OIE. 

A peste suína clássica é diferente da variante africana, doença que ressurgiu nas Américas em meados deste ano, em casos identificados na República Dominicana e no Haiti. Até o momento, não há registros dessa doença em outros países do continente. 

Considerada mais grave que a variante clássica, a peste suína africana não tem cura. A doença foi a responsável por dizimar quase metade do rebanho de suínos da China entre 2018 e 2019.

Fonte: Valor Econômico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *