Categories: Giro do Boi

Animais mais calmos têm melhor qualidade da carcaça

Bovinos facilmente excitáveis podem ser perigosos para si mesmos e para as pessoas que fazem o manejo dos animais. De acordo com um projeto recente conduzido pela Universidade do Estado de Dakota do Norte, nos Estados Unidos, eles podem também ter uma menor qualidade de carcaça que os animais mais calmos.

O estudo, que foi conduzido de agosto de 2013 a fevereiro de 2014, avaliou a relação entre temperamento, comportamento alimentar, desempenho no crescimento e características da carcaça. Os novilhos foram alimentados com ração comum de crescimento e terminação e foram medidas características de comportamento alimentar e desempenho no confinamento durante o estudo.

O temperamento foi medido pela velocidade de saída, tempo que levou para os novilhos cobrirem a distância entre o local onde ficavam contidos e a porta de saída das instalações de trabalho, quando os novilhos foram manejados por 28 dias durante o estudo.

As características da carcaça, incluindo área de ribeye (área de olho de lombo), marmoreio, gordura na costela, nível de rendimento, gordura de rins, pélvica e coração, peso da carcaça quente, rendimento da carcaça e escore de abcesso no fígado, que foram coletados na planta de processamento.

De acordo com o estudo,  o temperamento não teve correlação estatisticamente significante com o comportamento alimentar ou desempenho no crescimento. Entretanto, com relação às características da carcaça, os novilhos mais calmos ou aqueles que saíram da rampa a uma velocidade mais lenta, tinham melhores pesos da carcaça quente e marmoreio e tenderam a ter melhores graus de rendimento do que os novilhos que saíam pela rampa em uma taxa mais rápida de velocidade.

O estudo (em inglês) pode ser acessado no site: ag.ndsu.edu

Fonte: Drovers, traduzida  adaptada pela Equipe BeefPoint.

This post was published on 28 de setembro de 2014

Share
Published by
Equipe BeefPoint

Recent Posts

Exportações de carne bovina do Uruguai estão se recuperando

As exportações uruguaias de carne bovina se recuperaram no primeiro trimestre de 2021 quando comparadas… Read More

14 de abril de 2021

Estudo: Produção bovina pode diminuir emissão de GEE até 50% através de práticas eficientes

Uma equipa de investigação liderada pela Universidade Estadual do Colorado descobriu que a indústria da… Read More

14 de abril de 2021

Exportações de carne em março aumentam 37,7% em relação ao mês anterior em MT

As exportações mato-grossenses de carne bovina em março de 2021 aumentaram 37,7% em relação a… Read More

14 de abril de 2021

MS está entre os estados com maior adoção de sistemas de integração e plantio direto no Brasil

Na semana em que celebramos o Dia Nacional da Conservação de Solos, Mato Grosso do… Read More

14 de abril de 2021

Carne bovina: ‘Brasil pode passar a exportar 35% da produção em breve’

A arroba do boi gordo segue em alta nos mercados físico e futuro. Quem vê… Read More

14 de abril de 2021

Frigoríficos brasileiros operam com margens abaixo de 3%, diz fonte

A disparada do boi e o cambaleante mercado doméstico reduziram as margens dos frigoríficos a… Read More

14 de abril de 2021