Categories: Giro do Boi

Agricultores aderem de vez aos apps e mídias sociais

Sabe aquela figura do colono que só aceitava dinheiro, não negociava pela internet e só trabalhava com dinheiro? Ficou no passado. No pavilhão da Agricultura Familiar da 40ª Expointer, os 201 estandes possuem as chamadas maquininhas de cartão para compras a crédito ou débito.

Muitos usam até aplicativos, como o whatsApp, para fechar negócios, e aproveitam os poucos momentos livres para zapear nas redes sociais.

O crescimento dos serviços de internet no campo é tanto que, na edição 2017, a Federação dos Trabalhadores na Agricultura no Rio Grande do Sul (Fetag/RS) contratou um serviço de banda larga para os expositores no Parque Assis Brasil.

Conectar-se é mais do que ficar atualizado. Significa aumentar os rendimentos. De acordo com a Fetag/RS, em relação à Expointer de 2016, a deste ano, nos primeiros quatro dias, apresentou crescimento de cerca de 30% nas comercializações.

Detalhe: no ano passado, eram 227 expositores (22% a mais), que fecharam a feira com um volume de negócios de R$ 2,03 milhões.

Tudo leva a crer que, ao menos no setor dos pequenos produtores, as vendas vão apresentar crescimento acima das melhores previsões.

Parte do aumento, dirigentes e produtores creditam à fidelização de clientes, sobretudo com produtos orgânicos – quem comprou no ano passado, gostou da qualidade e voltou. Porém, ambos admitem que a agilização das máquinas de cartão pesaram, e muito.

O pacote de internet contratado pela Fetag junto a uma empresa especializada dá direito a 60 mega e permite que até 500 pessoas acessem simultaneamente o sistema. Um investimento de R$ 20 mil. “Conversamos com o pessoal, avisamos que, com a mesma senha, apenas dois aparelhos podem estar conectados ao mesmo tempo. Por enquanto, deu certo e o sistema não está sobrecarregado”, comemora Rabaioli.

Fonte: Expointer, resumida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

This post was published on 1 de setembro de 2017

Share
Published by
Equipe BeefPoint

Recent Posts

Empresas que vendem carne bovina direto ao consumidor vê aumento da demanda em meio à pandemia nos EUA

A D&D Cattle Co., em Herman, Nebraska, comercializa carne bovina criada em rancho direto para… Read More

26 de maio de 2020

Uruguai: INAC lançará aplicativo que permite comprar carne e receber em casa

O Instituto Nacional da Carne (INAC) do Uruguai está trabalhando no design e na execução… Read More

26 de maio de 2020

O tal do hedge: os casos de Minerva e Suzano

Quando se tornou CFO da Minerva Foods em 2009, Edison Ticle trazia 15 anos de… Read More

26 de maio de 2020

No Brasil,maioria das fortunas nasceu de negócio familiar

Na lista dos mais ricos do Brasil, a maioria das fortunas foi criada a partir… Read More

26 de maio de 2020

Importação chinesa de carne suína bate recorde

As importações chinesas de carne suína bateram novo recorde em abril. O país asiático, que… Read More

26 de maio de 2020

Planta da Minerva em Goiás é habilitada a exportar carne bovina à Tailândia

A Minerva Foods, líder nas exportações de carne bovina na América do Sul, informou, em… Read More

26 de maio de 2020