Categories: Giro do Boi

Acricorte em Mato Grosso busca fortalecer cadeia produtiva da carne

A Associação dos Criadores de Mato Grosso (Acrimat) realizará nos dias 9 e 10 de maio, em Cuiabá, o Acricorte 2019 com objetivo de levar conhecimento, discussões e promover o debate sobre temas relevantes da cadeia produtiva da carne, levando à integração de todos os elos. Na programação estão previstas palestras técnicas inerentes à bovinocultura de corte, economia, mercado, tecnologia, entre outros.

O  presidente da associação, Marco Túlio Duarte Soares, explica que o evento marca o início de uma nova fase da Acrimat, que passa a organizar eventos para os públicos nacional e internacional. “Fechamos importantes parceiras para a realização do Acricorte que, certamente, vai marcar novo tempo da pecuária de corte. Nosso intuito é fortalecer ainda mais a cadeia, levando informações e palestras técnicas para que produtor possa aplicar no dia a dia das fazendas, aumentando a produtividade e, assim, seguirmos como maior rebanho do Brasil”, afirma.

Haverá palestras com o economista Ricardo Amorim, que levará ao público o tema “Cenário político na agropecuária”. Pós-graduado em Administração e Finanças Internacionais, Amorim atua no mercado financeiro desde 1992, trabalhou em Nova York, Paris e São Paulo, sempre como economista e estrategista de investimentos, além de ter sido eleito pela Revista Forbes um dos 100 brasileiros mais influentes e economista mais influente do Brasil. Ele também é dos apresentadores do programa Manhattan Connection da Globo News.

Também na manhã do primeiro dia, os pecuaristas assistirão a palestra “Os desafios da carne: como agregar valor sem perder a popularidade”, que tem como palestrante confirmado o mestre em Educação Arte e História da Cultura pelo Mackenzie, Doutor em Educação pela UDE/Uruguai; Jornalista e publicitário especialista em agronegócios, José Luiz Tejon Megido.

Na programação estão confirmadas palestras oriundas de importantes parcerias firmadas com entidades como a Embrapa, Unipasto, Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), por exemplo, informa a assessoria

Fonte: Só Notícias/Agronotícias

This post was published on 22 de abril de 2019

Share
Published by
Equipe BeefPoint

Recent Posts

Chegou a sua chance de mudar o jogo da fazenda

Se você quer… 📍 Ter uma fazenda com mais lucro, satisfação, reconhecimento com mais harmonia.… Read More

5 de março de 2021

Uruguai: INAC considera exportar para países do Sudeste Asiático

O Instituto Nacional de Carnes (INAC) do Uruguai está explorando a possibilidade de facilitar exportações… Read More

5 de março de 2021

Senador dos EUA proporá lei que impede importação de commodities associadas a desmatamento

Os Estados Unidos deverão discutir em breve um projeto de lei para impedir que o… Read More

5 de março de 2021

Votação na Suíça pode definir peso de exigências ambientais

Pela primeira vez os suíços vão votar sobre um acordo comercial. A consulta popular a… Read More

5 de março de 2021

Rastrear fornecedores indiretos de gado demanda ‘várias engrenagens’, diz membro do comitê de sustentabilidade da Marfrig

O rastreamento dos fornecedores indiretos de gado dos frigoríficos para zerar o desmatamento nessa parcela… Read More

5 de março de 2021

Nova cepa de peste suína africana na China preocupa analistas

Uma nova cepa do vírus causador da peste suína africana (ASF) identificada na China tem… Read More

5 de março de 2021