Categories: Giro do Boi

2020: ano de recuperação da pecuária paraguaia

O ano de 2020 será uma recuperação para a produção e o comércio de carne bovina no Paraguai, graças a uma maior oferta de animais. Isso decorre das projeções dos técnicos do USDA de Buenos Aires em seu relatório anual sobre a criação de gado no Paraguai.

O relatório observou que o rebanho de gado paraguaio fechará 2019 com 13,8 milhões de cabeças, 300.000 animais a mais que no ano anterior e o primeiro aumento desde 2014.

Os técnicos previram que em 2020 os abates chegarão a 2,4 milhões de cabeças, um aumento de 5% em relação a este ano. Desse total, 1,9 milhão de cabeças serão abatidas nas 17 instalações de refrigeração paraguaias autorizadas para exportação.

A produção de carne bovina no próximo ano será de 560.000 toneladas de peso de carcaça, o que implica um crescimento de 6% em relação a 2019 e em um volume semelhante a 2018.

Para este ano, estima-se uma produção da ordem de 530.000 toneladas, queda de 5% em relação a 2018 e no menor volume em seis anos, devido ao efeito das inundações registradas entre março e maio.

O relatório observou que a rentabilidade dos produtores de gado em 2019 será “significativamente menor” do que no ano anterior, devido a uma queda de 15% no preço do gado medido em dólares.

No primeiro semestre de 2019, o preço de exportação FOB da carne paraguaia caiu 8% em relação ao mesmo período do ano passado.

Até 2020, os técnicos do USDA previam um volume de exportações de carne bovina de 350.000 toneladas, uma expansão de 9% em relação ao ano anterior devido ao aumento da produção e ao consumo doméstico estabilizado.

Chile, Rússia, Taiwan e União Europeia continuarão sendo os principais destinos de exportação, embora o Paraguai trabalhe para obter acesso a novos mercados, como Estados Unidos e Japão. Além disso, espera se beneficiar do acordo do Mercosul com a União Europeia para aumentar suas exportações para o bloco.

Fonte: El Observador, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

This post was last modified on 29 de agosto de 2019 11:47

Share
Published by
Equipe BeefPoint
Tags: paraguai

Recent Posts

Sucessão familiar: apenas substituir não vai dar certo na fazenda

Por que apenas substituir seu pai, avô ou tio não dá certo na sucessão familiar? O primeiro motivo é que,… Read More

24 de janeiro de 2020

Wendy’s avança em iniciativas de bem-estar animal

Em 2019, a The Wendy's Co. combinou seus esforços contínuos de responsabilidade corporativa sob uma bandeira unificada chamada “Good Done… Read More

24 de janeiro de 2020

China no chão: demanda por carne bovina caiu mais rápido do que subiu

Como geralmente acontece quando há subidas meteóricas, como as que ocorreram nos preços de importação da China entre maio e… Read More

24 de janeiro de 2020

CEPEA: Cotações da carne e do boi gordo recuam na parcial de janeiro

Os preços da carne bovina estão em queda no mercado atacadista. Além da pressão vinda do típico enfraquecimento da demanda… Read More

24 de janeiro de 2020

Minerva precifica oferta de ações a R$ 13 e capta R$ 1 bilhão

A Minerva Foods, maior exportadora de carne bovina da América do Sul, precificou hoje a oferta de ações a R$… Read More

24 de janeiro de 2020

Assista Aula Grátis "As 7 Estratégias do Lucro em Fazendas"

Quero Assistir