10 aprendizados sobre trabalhar na fazenda da família

Semana passada, fui no dia de campo do Mauricio Garcia de Almeida, de Chapadão do Céu, GO, e aluno do AgroTalento.

O dia de campo foi no sábado e apresentei uma palestra sobre pecuária com lucro.

Mas na sexta é que foi mais legal…

O Mauricio me convidou para moderar uma tarde de mastermind.

Ele convidou alguns parceiros da região, alguns alunos do AgroTalento da região dele, e também estavam presentes dois membros do meu grupo de mastermind, o Aliança AgroTalento (incluindo o Mauricio).

Foi uma tarde muito produtiva, com intensa troca de experiências e aprendizados.

Gosto de fechar um dia desses com uma revisão das sacadas que tive nesse dia.

Cada um dos participantes compartilhou suas 4 sacadas daquela tarde.

Eu comecei a anotar a encontrei 10 sacadas…

Compartilho com você aqui:

==
1- Falta gente boa para trabalhar nas fazendas.
==

Por onde andamos, a reclamação é constante.

E os melhores produtores estão focados em ação constante para atrair, selecionar, treinar, motivar, reter as melhores pessoas em suas fazendas.

Você está no time da reclamação constante ou da ação constante?

Imagina quem tem mais resultados… :-)

==
2- Encontre sua habilidade única e descubra como capturar valor para você.
==

Cada pessoa tem suas habilidades, competências, facilidades.

Revise, entenda, faça um mapeamento de onde você é realmente bom e especial.

E revise sua estratégia pessoal para entender como esse conjunto de habilidades gera valor.

E como você captura valor para você mesmo.

==
3- Existem dois tipos de problemas
==

Essa foi uma frase que eu adorei, e muda totalmente a maneira que você encara “problemas”.

Eu não gosto da palavra “problema”.

Eu costumo usar “questão” ou “desafio”, pois assim fico focado em resolver, e não em “comentar” ou reclamar…

Pense sobre seus “problemas” como duas categorias:

– os resolvidos
– os que ainda não resolvi

Toda vez que tiver um problema, se pergunte em qual categoria ele está…

Você vai ver como muda sua percepção e atitude.

==
4- Métrica chave para contratar
==

Uma maneira muito poderosa para contratar pessoas para trabalhar com você é se perguntar:

__ Eu confiaria em deixar essa pessoa cuidar e ser responsável pelos meus filhos pequenos por um dia?

Provavelmente essa resposta virá de “dentro”.

Será uma resposta emocional.

Em apenas um segundo, você sentirá a resposta.

E se estiver pensando em “talvez”, a resposta é Não.

Pois você não arriscaria seus filhos.

Você também pode aplicar essa regra para clientes e parceiros de negócios.

==
5- Antes de mandar, você precisa conquistar a confiança, influência e liderança
==

É muito comum termos “carta branca” em alguns lugares, clientes e parceiros.

Nessas situações, nossa palavra é “lei”.

E esquecemos que em outros lugares não temos (ainda) a “carta branca”.

E cometemos o erro de tentar influenciar do mesmo jeito.

Não funciona.

Primeiro você conquista o direito de liderar.

Depois você lidera.

Se seus clientes, sua equipe, seus parceiros não “escutam” o que você diz, não é preciso falar mais vezes, ou mais alto.

É preciso conquistar a influência primeiro.

==
6- Você anda com a cabeceira ou com o fundo
==

No seu ramo, no seu negócio, na sua atuação, na sua região, você está na “cabeceira” ou no “fundo”.

Com quem você anda?

Faça uma revisão de quem é seu grupo de relacionamento.

Com quem você troca experiências, aprendizados, compara resultados?

Seu círculo de contatos te coloca como “cabeceira” ou como “fundo”.

Nessa apartação, não tem “meio”, só “cabeceira” ou “fundo”…

Revise isso.

Se estiver na cabeceira, parabéns.

Se estiver no fundo, o que você pode e quer fazer de diferente?

==
7- Tenha pensamento acurado
==

São muitos e muitos exemplos.

Você precisa ter “pensamento acurado” ao avaliar situações, negócios e oportunidades.

Revisar quão “robusta” é sua análise e processo de escolha.

Você sabe qual é seu “processo de decisão” nos negócios, na fazenda, na carreira?

Muita gente decide sem pensar de forma estruturada.

E fica vulnerável a emoções, a “conversa” dos outros.

Essa é a palavra.

Se você não tem um processo de decisão, você é vulnerável.

==
8- Trabalhar na fazenda da família são suas curvas de aprendizado
==

Se você tem uma carreira bem sucedida fora do agro, e resolveu voltar para trabalhar na fazenda da família, você tem duas “curvas de aprendizado” para vencer.

Você precisa dominar o negócio do agro e da pecuária.

Você precisa entender, conhecer e saber operar esse negócio.

Precisa saber produzir e também tocar o negócio.

E você precisa aprender a trabalhar com sua família.

Aprender a trabalhar com seu pai.

São duas coisas diferentes.

Se cada uma vai bem, reforça e melhora a outra.

Se uma vai mal, atrapalha e emperra também a outra.

Por isso, é mais importante ainda você ter um plano e estratégia para dominar essas duas frentes:

a- o negócio em si e
b- o trabalho “em família”

==
9- Tenho orgulho dos meus clientes
==

Minha sacada no final dessa tarde é que eu tenho orgulho dos meus clientes.

Orgulho de suas conquistas.

Orgulho de sua jornada.

Orgulho do seu crescimento.

Tenho o privilégio de ter clientes que se tornaram amigos.

Meus melhores clientes se tornaram meus melhores amigos.

Mauricio e André me lembraram disso na tarde de sexta-feira passada.

Obrigado.

==
10- Aceite e abrace o acaso
==

Na vida, nos negócios, nas vendas, precisamos abraçar o “acaso”.

Sempre existe um fator imponderável.

Sempre pode “dar certo”, ou “dar errado”.

Esteja preparado para os dois.

Não entre em situações onde um resultado negativo te “quebra”.

E encare a vida, as vendas, a negociação, como um campeonato por pontos corridos.

Cada negociação (jogo) não é uma eliminatória, que você precisa vencer a todo custo.

Quando você muda o enfoque, fica mais sereno, mais forte e se abala menos.

Dance com o acaso.

Sabendo o preço da derrota.

E festejando cada vitória pelo seu mérito (e também sorte).

==
==
==

Essas foram minhas 10 principais sacadas de uma tarde de trabalho.

Obrigado ao Mauricio e a cada um dos participantes.

Depois de ler, me responda aqui, qual sacada você gostou mais.

Qual sacada você gostaria que eu aprofundasse em um novo texto, ou até mesmo uma aula online?

Vamos que vamos!
Abraços, Miguel

PS: E mais…

Quando você estiver pronto…

Aqui estão 4 maneiras que posso ajudá-lo a expandir seu negócio e sua fazenda familiar:

1. Assista a aula online “Como fazer a Gestão da Fazenda da Família, com Resultados, Crescimento, Reconhecimento e Legado.” Aguarde… Em breve nova aula.

2. Receba o livro “Fazenda da Família: Lucro e Harmonia, hoje, amanhã e depois”. Lançamento nos próximos dias, aguarde… :-)

3. Participe do Processo Seletivo para a turma 7 do AgroTalento (versão 2018), totalmente focada nos profissionais que trabalham em negócios e fazendas da família. Nosso programa de 8 semanas, com mentoria e treinamento online. Envie email para marketing@beefpoint.com.br, com seu maior desafio profissional hoje e colocar “AgroTalento 2018” no assunto.

4. Solicite o formulário de aplicação para participar do meu grupo de mastermind, o Aliança AgroTalento, e trabalhe diretamente comigo e com um grupo incrível de profissionais e produtores. Esse é meu grupo mais seleto e exclusivo, para quem está avançado nos negócios e requer um investimento significativo. Basta enviar um email para marketing@beefpoint.com.br, com uma breve descrição do seu negócio e colocar “Aliança AgroTalento” no assunto.


ou utilize o Facebook para comentar