Tyson Foods teve lucro recorde no 4o trimestre de 2017

A Tyson Foods, maior empresa de carnes dos EUA, reportou hoje um lucro líquido recorde no quarto trimestre de 2017, período equivalente ao primeiro trimestre do ano-fiscal da empresa. Ao todo, a Tyson lucrou US$ 1,6 bilhão no trimestre encerrado em dezembro, quase três vezes mais que o lucro de US$ 593 milhões de igual período do ano anterior.

O desempenho recorde da Tyson foi puxado por um ganho fiscal de US$ 790 milhões e pelo resultado da área de alimentos industrializados, que teve aumento de quase 40% no lucro operacional no trimestre que terminou em dezembro e atingiu US$ 273 milhões.

Em nota divulgada hoje, a Tyson comemorou a reforma tributária nos EUA, que entrou em vigor e reduziu a alíquota do imposto de renda corporativo, sendo a principal razão para o desempenho recorde da companhia americana no trimestre encerrado em dezembro.

Além de já terem beneficiado positivamente o lucro do primeiro trimestre do atual ano-fiscal, o que elevou o lucro por ação em mais de 10%, a reforma aumentará o fluxo de caixa da Tyson em US$ 300 milhões no atual ano-fiscal. Em razão dos benefícios, a Tyson distribuirá US$ 100 milhões em bônus especial aos funcionários do chão de fábrica.

Embora em níveis menores do que os reportados no quarto trimestre de 2016, as margens em carne bovina e carne suína se mantiveram em níveis acima da média histórica. Por sua vez, a margem em carne de frango recuou, pressionada pelas despesas com mão-de-obra.

No quarto trimestre de 2017 (primeiro trimestre do exercício fiscal), as vendas da Tyson renderam US$ 10,2 bilhões, aumento de 11,4% ante os US$ 9,2 bilhões registrados no mesmo período do ano anterior. Na mesma base de comparação, o lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) da Tyson aumentou 1%, saindo de US$ 1,143 bilhão no quarto trimestre de 2016 para US$ 1,154 bilhão.

Fonte: Valor Econômico.

Deixe seu comentário

Todos os campos são obrigatórios


ou utilize o Facebook para comentar