-A +A

Castração de bovinos de corte 2: idade à castração

Marcelo de Queiroz Manella1 e Celso Boin2

A idade à castração de bovinos de corte é questionada freqüentemente por produtores, pois seus efeitos irão influenciar de diferentes formas a resposta produtiva do animal. Os efeitos da castração estão diretamente relacionados com a idade em que é feito o procedimento.

Animais castrados antes da puberdade não apresentarão desenvolvimento dos caracteres sexuais secundários e dos efeitos anabólicos, devido à ausência dos hormônios produzidos pelos testículos. No entanto, quando a castração é realizada após a puberdade, os efeitos são menos pronunciados, ocorrendo apenas a regressão de alguns caracteres sexuais, como alterações de comportamento e variações no desempenho.

Apesar da castração de animais após a puberdade aparentemente ser mais vantajosa devido aos efeitos anabólicos dos hormônios sexuais, deve se considerar as perdas no desempenho dos animais na recuperação do procedimento, além de hemorragias, infecções e miíases (bicheiras), que podem causar a perda do animal. A castração de bezerros (logo após o nascimento), tem-se mostrado vantajosa, devido ao menor estresse e maior disponibilidade de alimento, além da cicatrização ser mais rápida e os gastos com medicamentos (anti-sépticos, mata-bicheiras) serem menores. Por outro lado, fazer a castração na mesma época do desmame impõe sobre o animal duas práticas estressantes, além da proximidade com a época de restrição alimentar. Na tabela 1, são apresentadas algumas vantagens e desvantagens das diferentes épocas de castração.

Tabela 1: Características das diferentes Idades a castração

Tabela 1

PORTO et al. (1998) e FEIJÓ et al. (1998) avaliaram os efeitos da idade à castração via cirúrgica sobre o desempenho e características de carcaça de bovinos cruzados (F1 Pardo Suíço x Nelore) no Estado do Mato Grosso do Sul. Nos dois trabalhos os autores utilizaram 104 bovinos, contemporâneos, distribuídos aleatoriamente a 4 idades de castração (Nascimento, Desmama, 12 meses e aos 18 meses), sendo comparados com animais inteiros. Os animais permaneceram em pastagem de brachiaria até a desmama, e foram recriados em pastagem de aveia e em pastagem de brachiaria com suplementação com concentrado. O acabamento foi feito em confinamentos com dieta à base de silagem de milho e concentrado Os resultados observados são apresentados na tabela 2.

Tabela 2: Efeito das diferentes idades de castração no desempenho de bovinos de corte

Tabela 2

O peso final, bem como os ganhos de peso dos animais até 18m não foram influenciados pela castração. Entretanto é possível observar que os ganhos de 18 a 20 meses de idade foram maiores para os animais inteiros, em relação aos castrados. Até a puberdade não se espera diferenças em desempenho entre animais inteiros e castrados, porém, com o aumento da produção de hormônios sexuais (puberdade), são observados maiores índices de crescimento devido ao efeito anabólico nos animais inteiros, sendo que para os animais naquele experimento foram mais acentuados na fase final de recria (18-20m).

Os animais inteiros, como era de se esperar, apresentaram maior peso de carcaça quente e maior rendimento. Porém, o acabamento da carcaça, avaliado através da espessura de gordura na 11a-12a costela, foi menor nos animais inteiros.

De forma geral, a castração não prejudica o desempenho dos animais até os 18 meses de idade, bem como as características quantitativas e qualitativas da carcaça. Animais inteiros, apesar de apresentarem carcaças mais pesadas, e consequentemente maior rendimento, apresentaram acabamento bastante inferior aos animais castrados.

Comentário BeefPoint: A escolha da idade à castração deve ser ponderada dos pontos de vista prático e econômico em função do sistema de produção. Em sistemas de produção nos quais a castração é uma prática requerida, a realização da mesma logo após o nascimento é aparentemente a melhor idade, devido à menor possibilidade de estresse e de não comprometer o desempenho futuro quando comparada com as outras idades de castração estudadas.

Bibliografia Consultada:

Porto, J.C.A., Feijó, G.LD, Silva, J.M., Gomes, A., Kichel, A. N., Cioffi, J.C. Desempenho de bovinos F1 Pardo Suiço X Nelore inteiros ou castrados em diferentes idades. Anais da XXXV Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Zootecnia, Botucatu-SP. CD-Room.1998.

Feijó, G.LD, Porto, J.C.A., Silva, J.M., Gomes, A., Kichel, A. N. Característica das carcaças de bovinos F1 Pardo Suiço X Nelore inteiros ou castrados em diferentes idades. Anais da XXXV Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Zootecnia, Botucatu-SP. CD-Room.1998.

_____________________________________________________
1. Doutorando em Ciência Animal e Pastagem, Departamento de Produção Animal, ESALQ-USP
2Eng. Agr., PhD, Prof. Convidado,ESALQ/USP, Consultor

Assine nossa newsletter!

Enviar