Mercado segue em ritmo lento e bastante pressionado

Os frigoríficos continuam pressionando os preços da arroba e o indicador Esalq/BM&FBovespa boi gordo à vista recuou R$ 0,57, sendo cotado a R$ 87,83/@. O indicador a prazo teve desvalorização de R$ 0,55, sendo cotado a R$ 88,78/@, nesta terça-feira.

Tabela 1. Principais indicadores, Esalq/BM&F, relação de troca, câmbio

Na BM&FBovespa, os contratos com vencimento em novembro/08 acompanharam o movimento do indicador e apresentaram retração, fechando a R$ 88,02/@, com variação negativa de R$ 0,38. No entanto, os outros vencimentos fecharam em alta, dezembro/08 teve valorização de R$ 0,52, fechando a R$ 86,99/@. Os contratos que vencem em janeiro/09 fecharam a R$ 86,20/@, com alta de R$ 0,71.

Tabela 2. Fechamento do mercado futuro em 26/11/08

Gráfico 1. Indicador Esalq/BM&FBovespa boi gordo à vista x contratos futuros para dezembro/08

O mercado físico segue em ritmo lento, com muitos frigoríficos fora das compras ou ofertando preços tão baixos que não estimulam o produtor a entregar seus animais. Indústrias de grande porte reportam escalas fechadas para o final da semana que vem e assim os compradores continuam pressionando por novos recuos. Os frigoríficos menores têm maior necessidade de compra e aceitam negociar e pagar um pouco mais.

Acesse a tabela completa com as cotações de todas as praças levantadas na seção cotações.

No atacado, as cotações do traseiro (R$ 6,80) e dianteiro (R$ 4,20) enfraquecem e recuam R$ 0,10, enquanto o preço da ponta de agulha permanece estável, cotado a R$ 4,50. Assim o equivalente físico recuou 1,56%, sendo calculado em R$ 82,31/@. O spread (diferença) entre indicador e equivalente subiu para R$ 5,53/@.

Gráfico 2. Indicador Esalq/BM&FBovespa boi gordo à vista x equivalente físico

Na reposição, o indicador Esalq/BM&FBovespa bezerro MS à vista foi cotado a R$ 696,18/cabeça, com desvalorização de R$ 0,78. Em um mês o recuo acumulado é de 2,70%. A relação de troca recuo novamente, ficando em 1:2,08.

André Camargo, Equipe BeefPoint


ou utilize o Facebook para comentar