Mato Grosso realiza operação inédita na região de fronteira com a Bolívia

O Instituto de Defesa Agropecuária de Mato Grosso (Indea-MT) inicia na terça-feira (12), uma operação inédita de vigilância veterinária e fiscalização na faixa de 15 Km denominada “Área de Vigilância da Fronteira com a República da Bolívia”.

O objetivo é reduzir o risco de introdução e/ou instalação de doenças exóticas e pragas quarentenárias já erradicadas no território mato-grossense. Pouco antes do início das atividades, às 09h, a equipe do Indea entregará seis caminhonetes adquiridas por meio do convênio com Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) no Sindicato Rural de Cáceres.

A nova estratégia de fiscalização móvel de trânsito e no acompanhamento de bovinos que embarcam e desembarcam será implementada em estabelecimentos rurais, áreas de posse e reservas indígenas dos municípios de Cáceres, Pontes e Lacerda, Porto Esperidião e Vila Bela da Santíssima Trindade, bem como, aqueles que, devido a vínculo epidemiológico, representam risco sanitário aos rebanhos mato-grossenses.

Toda a ação foi desenvolvida em consonância com Mapa, alicerçado pela Guia Técnica de Trabalho para a última etapa do Programa Hemisférico de Erradicação da Febre Aftosa.

Toda a execução da operação será realizada por seis equipes compostas por dois servidores do Indea, sendo um deles, médico veterinário, que utilizarão as instalações das Barreiras Sanitárias já construídas na região da fronteira como pontos de apoio de onde partirão diariamente para acompanhar os embarques e desembarques de bovinos das propriedades alvo da vigilância.

Além desta atividade, também serão realizadas diariamente fiscalizações volantes de trânsito, que serão executadas por quatro equipes compostas por dois servidores e mais dois policiais militares.

Fonte: Sedec-MT, resumida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

Deixe seu comentário

Todos os campos são obrigatórios


ou utilize o Facebook para comentar