Indicador recua R$ 0,20 e BM&F fecha em baixa

Na sexta-feira, o indicador Esalq/BM&FBovespa boi gordo à vista foi cotado a R$ 89,13/@, queda de R$ 0,08. O indicador a prazo teve desvalorização de R$ 0,20, sendo cotado a R$ 90,10/@, este índice acumulou variação negativa de 0,41%.

Tabela 1. Principais indicadores, Esalq/BM&F, relação de troca, câmbio

Na BM&FBovespa, todos o vencimentos fecharam em baixa, novembro/08 recuou R$ 0,39, fechando a R$ 88,41/@. Os contratos que vencem em dezembro/08 tiveram queda de R$ 1,73 (maior variação do dia), fechando a R$ 86,28/@. Janeiro/09 fechou a R$ 85,23/@, com desvalorização de R$ 1,24.

Tabela 2. Fechamento do mercado futuro em 21/11/08

Gráfico 1. Indicador Esalq/BM&FBovespa boi gordo à vista x contratos futuros para dezembro/08

No mercado físico, apesar da oferta ainda ser restrita e muitos frigoríficos trabalharem com ociosidade, os compradores voltaram a pressionar os preços após conseguirem alongar suas escalas. Porém com os valores mais baixos ofertados na última semana os pecuaristas se retraíram nas vendas.

No atacado, o volume de negócios também diminuiu devido ao período do mês. Em São Paulo, o traseiro foi negociado a R$ 6,90, o dianteiro a R$ 4,40 e a ponta de agulha a R$ 4,40, todos com recuo de R$ 0,10. O equivalente físico apresentou retração de 1,98%, sendo calculado em R$ 84,00/@. Com a carne em baixa, o spread (diferença) entre indicador e equivalente subiu para R$ 5,13/@.

Gráfico 2. Indicador Esalq/BM&FBovespa boi gordo à vista x equivalente físico

Na reposição, o indicador Esalq/BM&F continua recuando, sendo cotado a R$ 697,39/cabeça (-R$ 4,66). Com esta variação, a relação de troca subiu para 1:2,11.

André Camargo, Equipe BeefPoint


ou utilize o Facebook para comentar