Especialista avalia venda de Five Rivers pela JBS nos EUA

Alfredo Di Constanzo, especialista em confinamento e professor da Universidade de Minnesota, avaliou a venda de uma unidade de confinamento que a multinacional brasileira JBS tem na área do Colorado (Estados Unidos). No total, foram onze estabelecimentos com uma capacidade de confinamento combinada que fica em um milhão de cabeças anuais.

Di Constanzo explicou que a venda foi feita para uma empresa que gerencia capitais de investimento, por cerca de US$ 200 milhões.

No momento da análise do cenário de atividade na América do Norte, o especialista destacou que a boa demanda por carne convive com a boa oferta de animais em pé. “Eles administram de forma que reduziram o piso de abates sem perder rentabilidade”, ele estimou.

Do ponto de vista deles, o peso médio do abate oscila em 600 quilos, “e eles gerenciam a margem entre um peso de abate pesado e moderado, com uma demanda interna que sustenta o negócio”. Em relação ao consumo médio de carne por habitante nos Estados Unidos, ele calculou que é de 20 quilos por habitante por ano.

A este respeito, ele acrescentou que o preço atual do milho permite retornos moderados, especialmente no caso de estabelecimentos de pequena e média escala localizados no norte do país, como Minnesota, Dakota do Sul, Iowa e Nebraska.

Fonte: Clarín, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.


ou utilize o Facebook para comentar