Mercado chinês aprova a carne Angus no Brazilian Angus Day

Foto: Fábio Medeiros

O estande da carne brasileira ficou lotado de clientes e importadores nesta quinta-feira (18/5) para o Brazilian Angus Day. O dia de promoção da carne Angus Certificada no Sial China contou com muitos interessados e até negociações inusitadas.

O grupo chinês Alibaba, detentor do site Ali Express, esteve presente para prospectar oportunidades de venda online de carnes, uma febre no país. Segundo o gerente do Programa Carne Angus, Fábio Medeiros, ainda é uma conversa inicial para avaliação de sinergias que para ser realmente efetivada precisa desenvolver logística eficiente, fracionamento e entregas. Contudo, ele admitiu, que essa é uma tendência forte no mercado chinês. “Aqui tudo se vende online e, agora, eles querem também vender carne.”

O Brazilian Angus Day reuniu centenas de clientes da carne Angus no estande do Projeto Brazilian Beef,da ABIEC que tem apoio da Apex Brasil.

Centenas de clientes participaram do encontro de executivos das redes Marfrig, JBS, Minerva, Frigol e Frigorífico Estrela, empresas parceiras presentes na Sial, em busca de cortes diferenciados. Ao fim da movimentação do dia, Medeiros pontuou que o evento foi um sucesso e demonstrou a magnitude do mercado chinês.

Durante o evento, mais de 200 quilos de cortes Angus foram servidos aos convidados. Preparados pelos chefs da rede Barbacoa, típicos cortes do churrasco brasileiro encantaram quem passou pelo espaço e provou picanha, celha, ojo de bife e filé mignon. Em 2016, o Brasil exportou 400 toneladas de carne Angus, volume pequeno, mas com cargas de alto valor agregado, atingindo preços de até US$ 20 mil a tonelada.

Foto: Fábio Medeiros

Fonte: Associação Brasileira de Angus, resumida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

Deixe seu comentário

Todos os campos são obrigatórios


ou utilize o Facebook para comentar