-A +A

Nutreco compra Bellman Nutrição Animal

A holandesa Nutreco, uma das maiores empresas do mundo em nutrição animal, anunciou ontem (02) a aquisição da brasileira Bellman Nutrição Animal, especializada em suplementos minerais para ruminantes. Com o negócio, o grupo holandês torna-se um dos três maiores fabricantes de ração para bovinos do Brasil.

Com um faturamento de cerca de R$ 100 milhões, a Bellman possui uma unidade própria no município de Mirassol (SP), outra terceirizada em Goiânia (GO) e deve inaugurar, no segundo semestre deste ano, uma fábrica em Cuiabá (MT). Ao todo, a empresa deve produzir 105 mil toneladas de ração em 2012, elevando a produção total de rações para bovinos de corte e de leite da Nutreco Fri-Ribe para 145 mil toneladas.

Além de elevar a capacidade de produção da empresa, a Bellman praticamente dobra a participação do segmento de ruminantes no faturamento da Nutreco Fri-Ribe, de 25% para 49%, afirmou Eduardo Amorim, diretor-presidente da companhia, que faturou R$ 185 milhões em 2011.

O diretor de operações da Nutreco, Johan van der Ven, já havia anunciado em março a estratégia de aquisições no pulverizado mercado brasileiro de nutrição animal – são mais de 2 mil empresas no segmento. À época, o executivo não revelou seus alvos. “Acreditamos que o mercado vai saltar para uma consolidação. Mas para dançar, precisamos de um par, o que ainda não temos”, disse o executivo. E o primeiro alvo dessa ofensiva foi a Bellman, numa negociação que durou pouco mais de dois meses.

De olho em um segmento que movimenta R$ 16 bilhões por ano, os holandeses já haviam reforçado sua participação no mercado brasileiro em março, com a ampliação de sua participação no capital da Nutreco Fri-Ribe, que passou de 51% para 97%. No Brasil, o grupo holandês controla ainda a Selko, de aditivos nutricionais, e a Sloten, especializada em animais jovens. Com a Bellman, o faturamento da Nutreco no país deve alcançar R$ 320 milhões, de um total mundial de € 5 bilhões.

A operação, realizada por meio da Nutreco Fri-Ribe, joint-venture criada em 2009 com a brasileira Fri-Ribe, integra o planejamento da companhia holandesa, que pretende dobrar o faturamento e capacidade de produção de rações em quatro anos.

Apesar da aquisição, a Bellman terá gestão independente. Os principais executivos da companhia, inclusive, permanecem no comando das operações. “O nosso foco é crescer com plataformas segmentadas, da gestão de cima até os vendedores”, explicou Amorim, que espera ganhos de sinergia com a ampliação da escala de produção da empresa. O executivo afirma ainda que as atividades da Nutreco Fri-Ribe e da Bellman em ruminantes são complementares, com a primeira voltada às revendas e a segunda à venda direta.

Fonte: Bellman, jornal Valor Econômico, adaptadas pela Equipe BeefPoint.

Assine nossa newsletter!

Enviar