-A +A

MS: Marfrig confirma demissões em Porto Murtinho

O frigorífico Marfrig de Porto Murtinho/MS confirmou nesta quarta-feira a demissão de pelo menos 280 funcionários por conta de uma crise econômica vivida pela unidade.

Segundo a direção do frigorífico em Murtinho/MS, a unidade deixou de comprar por conta de uma série de fatores, entre elas, alega, alta da arroba do boi, queda do dólar e alta da inflação, o que fez com que as operações não trouxessem lucro.

A unidade, que tem 319 funcionários, garante que não vai fechar e que há a possibilidade de recontratar os funcionários demitidos futuramente. A direção também alega que, antes de demitir, cogitou dar férias coletivas, no entanto, avalia que a recuperação econômica do frigorífico pode levar mais de 30 dias.

O sindicato que representa os trabalhadores deve recorrer à Justiça para apurar como será feita as demissões e garantir os direitos trabalhistas dos funcionários. Explica ainda que, em casos de demissões em massa, o frigorífico deve fazer negociações antes de tomar a decisão.

“Murtinho é uma cidade pequena. Não tem emprego para 200 pessoas. Isto (demissões) vai gerar uma crise por aqui, pode ter certeza”, disse um dos funcionários demitidos.

A matéria é de Fabiano Arruda, publicada no portal Campo Grande News, resumida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

Esclarecimentos da Marfrig Alimentos S.A.:

A Marfrig Alimentos entrou em contato com o BeefPoint para esclarecer a situação na sua planta de Porto Murtinho/MS, após notícias sobre a demissão de funcionários.

A empresa afirma que existem erros na notícia acima e que não confirmou nenhuma dessas demissões, sendo que o número delas é bem menor do que as 280 noticiadas, segundo informações de sua assessoria de imprensa este é o número total de funcionários da unidade. Veja abaixo os esclarecimentos.

“A Marfrig Alimentos S.A. esclarece que as demissões e férias coletivas concedidas em sua unidade industrial Porto Murtinho (MS) são parte de um plano de medidas momentâneas e absolutamente necessárias para a manutenção da estabilidade financeira daquela operação, não representando a intenção da Companhia de encerrar completamente as atividades industriais da mesma. Porto Murtinho é uma unidade própria da Marfrig e tem capacidade de produção de 850 cab/dia. Assim que os preços entre oferta de gado local e demanda estiverem equalizados em patamares comercialmente aceitáveis – cenário almejado pela Marfrig – a planta poderá retomar sua atividade normal de produção.”

As informações são da Marfrig Alimentos S.A., resumidas e adaptadas pela Equipe BeefPoint.

*Atualizada em 13/05/2011

Assine nossa newsletter!

Enviar