Ministro uruguaio assina decreto que determina um topo ao dressing da carcaça

O ministro da Pecuária, Agricultura e Pesca (MGAP) do Uruguai, Tabaré Aguerre, informou em sua visita à Federação Rural (FR) que a proposta para criar um topo ao dressing no abate nos frigoríficos já foi assinada em sua carteira e que hoje é enviada para trâmite similar ao Ministério das Indústrias e, depois, será levada ao presidente da República, Tabaré Vázquez, para sua promulgação.

Em uma reunião de mais de quatro horas, o ministro se referiu à mencionada proposta levada ao MGAP pelo Instituto Nacional de Carnes (INAC), segundo resolução do INAC em 29 de agosto e onde os delegados da FR tiveram uma participação ativa, segundo informou o vice-presidente da federação, Ricardo Berois.

O decreto estabelece como fator mais importante que a entraña fina (fraldinha) não poderá incluir no dressing feito nos frigoríficos.

Fonte: El Observador, traduzida e adaptada pela Equipe BeefPoint.


ou utilize o Facebook para comentar