Marca Friboi perde espaço nas gôndolas

A reação negativa de consumidores à delação premiada dos irmãos Batista já afeta as marcas comercializadas pela JBS. Nas gôndolas de supermercados da Grande São Paulo, a Friboi está menos presente, ao mesmo tempo em que a marca Do Chef, inicialmente voltada a restaurantes (food service), ganhou espaço.

Lojas do Extra, do Grupo Pão de Açúcar (GPA), visitadas pelo Valor na capital paulista e em municípios da região metropolitana, não apresentavam mais as tradicionais bandejas de carne moída e outros cortes de bovinos com a marca Friboi. Em seu lugar, apareceu a Do Chef – que antes levava o rótulo “Do Chef Friboi” quando era vendida nas churrascarias.

No Carrefour, por outro lado, a Friboi segue presente nas bandejas, e a Do Chef não constava nas lojas visitadas na capital paulista.

Procurada pelo Valor, a JBS informou “que seu portfólio de marcas continua o mesmo, e cada uma das bandeiras mantém estratégia própria de distribuição. A companhia reforça que segue suas operações normalmente”.

Em março do ano passado, a JBS anunciou uma reestruturação das marcas de carne bovina. Foi nessa reestruturação que surgiu a “Do Chef Friboi”, rebatizando a “Swift Gran Reserva”, voltada a churrascarias.

Na ocasião, o diretor da JBS Carnes, Renato Costa, previa aumentar a rede de restaurantes que adquiriam a Do Chef de 65 mil para 100 mil em 2016. Tratada como marca premium, a Do Chef Friboi representava 12% das vendas de carnes com marca da JBS no país.

Ainda não é possível ter a dimensão do processo que fez a Do Chef ganhar espaço, mas analistas apontaram, logo após a divulgação da delação premiada dos donos da JBS, que a Friboi era a marca mais associada aos irmãos Batista.

Friboi é o nome de fundação da empresa, que só passou a se chamar JBS em 2007, em alusão às iniciais do fundador José Batista Sobrinho. Por isso, poderia ser mais penalizada pelas campanhas de boicote feitas por consumidores nas redes sociais. Em outros casos, como as marcas Seara, Vigor e Minuano – as duas últimas pertencem à J&F Investimentos, controladora da JBS -, os reflexos seriam menores, porque dificilmente os consumidores as relacionam aos Batista, de acordo com analistas.

Fonte: Valor Econômico, resumida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

Uma opinião sobre “Marca Friboi perde espaço nas gôndolas”

  • Jairo Brandao - 17/06/2017

    Não aconselho compra de carne Friboi em que privilegios foram comprados em troca de corrupção, tirando assim recursos das mesmas pessoas que pretendiam adquirir este produtos.

Deixe seu comentário

Todos os campos são obrigatórios


ou utilize o Facebook para comentar