Assista aqui o comercial da Dodge Ram no Super Bowl 2013 legendado! “Então Deus criou o produtor rural”

Assista o vídeo legendado em português, traduzido pela Equipe BeefPoint!

 

No último domingo (3/fev) foi exibido o comercial da caminhonete Ram durante o intervalo do Super Bowl, evento esportivo que marca a final do campeonato de futebol americano nos EUA. O vídeo fez uma homenagem aos produtores rurais e foi considerado um dos melhores comerciais já exibidos no evento, que é dono do intervalo mais caro do mundo e há anos mantém a tradição de exibir propagandas bem criativas.

O vídeo de 2 minutos mostra imagens de produtores rurais dos Estados Unidos em situações do dia-a-dia; trabalhando no campo, cuidando de animais e até mesmo jantando com a família. O narrador é Paul Harvey, que fez esse discurso chamado de “Deus criou o produtor rural” em 1978, em um evento da organização Future Farmers of America.

A propaganda repercutiu rapidamente nos EUA e milhares de pessoas utilizaram as hashtags #SuperBowl e #ProudFarmer no twitter. Um dos tweets dizia: “Melhor comercial de todos os tempos!! Me deixa orgulhoso de ser um produtor rural!”

O que mais chama a atenção no vídeo é a sua simplicidade, já que ele foge do padrão da maioria das propagandas exibidas durante o Super Bowl. Um dos tweets retrata bem essa visão: “Deus criou o produtor rural. Sim. Sem truques. Não tentando ser engraçado. Ótimo.”

89 opiniões sobre “Assista aqui o comercial da Dodge Ram no Super Bowl 2013 legendado! “Então Deus criou o produtor rural””

  • Rafael Henrique Ruzzon Scarpetta - 05/02/2013

    Impressionante como os comerciais americanos valorizam seus produtores.

  • Aline Fernandes Soares - 05/02/2013

    Sensacional o vídeo!

  • Celso Feitosa - 05/02/2013

    Sensacional este comercial. Sem o produtor a cidade passa fome.

  • Suzana De Vivo Lang - 05/02/2013

    O produtor rural merece essa homenagem… O comercial é perfeito! Os americanos fazem e SABEM fazer! Parabéns!

  • Igor Vaz - 05/02/2013

    O americano valoriza o seu produtor rural. Aqui somos marginalizados, falsamente acusados de elitistas e acuados por todos os níveis da sociedade… Assaltados por abigeatários, desarmados por policiais por dar um tiro de aviso, invadidos por baderneiros esquerdistas, boicotados por consumidores por usarmos vermifugo e sementes modificadas.

  • Aurelio F Rosa - 05/02/2013

    Isto é fantástico!!! Parabéns BeefPoint pela iniciativa de divulgar este comercial!!!
    Um dia chegaremos lá.

    Aurélio Rosa

  • Jose Thomaz Neto - 05/02/2013

    Lembrando que em 1978, quando este discurso foi escrito, a cidade ainda convivia bem próxima do campo. Sabia-se de onde vinha e como eram produzidos os alimentos que consumíamos. Mesmo assim o produtor rural, apesar de ser nosso velho conhecido, não gozava de valor e do apreço que lhe era devido. Portanto, este comercial, relembrando após trinta e cinco anos de uma revolução na produção, distribuição e comercialização dos produtos agrícolas, que Deus criou o PRODUTOR RURAL, para um mundo que hoje imagina que os alimentos nascem nas prateleiras, é uma emoção daquelas de se chutar o balde de leite.

  • Marcio de Castro Porto - 06/02/2013

    Os produtores americanos e europeus são valorizados e aqui acontece justamente o contrário. Talvez o nível educacional explique essa diferença… Aqui a ignorancia prevalece e é manipulada pela midia/politica/religiões etc… Deus que criou os produtores rurais no Brasil que os salve!

  • Marco Antonio Magalhães - 06/02/2013

    É que diferentemente daqui, os industriais de lá valorizam o segmento do produtor rural. Aqui muito ao contrário, nunca se ouviu uma voz dos fabricantes de trator e implementos, de agrotóxicos , fertilizantes ou do próprio governo em favor ou defesa dos produtores rurais, acusados na grande mídia por entidades estrangeiras, de serem criminosos ambientais, que promovem sistematicamente a destruição do meio-ambiente, como se todos os produtores rurais fossem rematados idiotas. É tempo de mudanças . Então que venham.

  • Eduardo S Queiroz - 06/02/2013

    Vídeo de impacto, muito bem feito. Parabéns aos produtores rurais.

  • Rui José Fabro - 06/02/2013

    Aqui no Brasil precisamos valorizar o produtor urgentemente.

  • Alessandra Duarte - 06/02/2013

    Nossa! Fiquei morrendo de inveja dos produtores rurais americanos. Aqui na maioria das vezes somos demonizados!
    Trabalhamos trabalhamos e ninguém sabe que a carne que estão comendo é fruto de intenso trabalho e dedicação. A maioria acha que existe um lugar branco e refrigerado atrás dos supermercados ondem nascem as peças de carne.
    Tenho que confessar que nesses momentos tenho muita inveja dos produtores rurais Franceses e Americanos.
    Alessandra Duarte

  • Antonio Maringoni - 06/02/2013

    Espetacular!!! Vamos colocar um telão em Brasília…

  • Ana Zacharias - 06/02/2013

    Obrigada a equipe Beef Point que nos dá acesso a estas novidades. Um abraço!

  • Alessandro Falco - 06/02/2013

    Muito bom.

  • Danilo da Silva Cunha - 06/02/2013

    Show de bola a mensagem. E aqui no Brasil, o que a politica econômica faz pelos nossos agricultores, pecuaristas e homens do campo?

  • josé ademir vianello - 06/02/2013

    Várias lágrimas cairam dos meus olhos quando vi esse comercial, lindo demais para quem tem o campo como seu celeiro e o produto que do campo vem para sua subsistência. Parabéns.

  • Ulisses Kock - 06/02/2013

    Pessoal, não desanimem!

    O produtor rural brasileiro já está mostrando para que existe, agora, como sempre, não podemos desistir. Sigam em frente, plantando, colhendo, ordenhando, apartando, fazendo cercas…..

  • João Bismarck - 06/02/2013

    Enviem este discurso para muitas autoridades, autarquias e repartições públicas para que, quem sabe, deixem de nos atrapalhar. Nós não precisamos de ajuda, precisamos que nos deixem trabalhar em paz!

  • Regina donadio Costa - 06/02/2013

    Então… dos meus olhos também caíram muitas lágrimas, pela “originalidade ” e beleza do comercial , lágrimas carregadas de saudades de meu pai que foi um “produtor rural”, tal qual descreve o comercial : “criado por Deus” , com raça , com coragem, com criatividade ,com a família sempre unida e com muita paixão em todo amanhecer de um novo dia quando saía pra sua LUTA… Que tudo isso seja olhado e VALORIZADO … Amém

    Parabéns à equipe do Beef Point

    Regina Donadio Costa

  • Emílio Carlos "Kaká"dos Santos - 06/02/2013

    No início da década de 50 cerca de 80% dos brasileiros moravam no campo. O último senso indica q atualmente 83,90% mora na cidade. Ou seja nossa população está urbana, perdeu o contato com a natureza. É comum encontrar pessoas que pensam que vaca tem dois peitos e usa sutiã; que o leite não passa por um processo biológico – sai da caixinha do nada. Nós, produtotes rurais somos culpados!!! Em parceria com a indústria – fábrica de pick ups/tratores/implementos etc – deveríamos divulgar/valorizar mais os produtos/homens do campo. Ainda há tempo!!! Vamos fazer a nossa parte. Jogar a culpa no governo não resolve. Sem o campo o Brasil para – basta ver o resultado no PIB, exportação, resultado da balança de pagtos. E o pior: somos demonizados, tratados em alguns casos como bandidos. Quando se fala em ovo lembramos da galinha. Por que? Reflitemos!!!!

  • Zuleida Caroprezo Morini - 06/02/2013

    Nossa família ,fecha um período ,um ciclo.
    São 3 gerações trabalhando no campo.Somos rurais ,mesmo qdo estamos na cidade.
    Meus filhos ,formados agora como veterinária e agrônomo…..estão ,a seu modo,continuando o trabalho que seus nonos e bisnonos ,iniciaram no sítio já a algum tempo..”aquele pedacinho de terra abençoado por Deus”.

  • Juliano de Abreu - 06/02/2013

    Grande homenagem aos que realmente fazem a diferença na economia de um país e do mundo. Parabéns a Dodge Ram e a BeefPoint pela divulgação. Precisamos aprender a agradecer esses grandes homens do campo.

  • Ivan Paulino - 06/02/2013

    Isto sim é um comercial digno de ser visto, ser apreciado e se emocionar, com tudo coloca em nossas mesas o alimento, para nossa sobrevivencia, la eles tem seu valor compensativo e aqui o que temos para dar valor?…
    Acredito que futuramente teremos e daremos valor correto que nossos sofridos produtores tanto de graos quanto de carne mereça.

  • Tamara Lemos Andrade Barros - 06/02/2013

    Bela homenagem. Reconhecimento merecido a todos os Produtores.

  • Fernando Cunha - 06/02/2013

    Parabéns nação norte americana…o seu patriotismo e a valorização daquilo que e o correto leva o seu pais a merecida posição de líder.

  • Arlindo Vilela - 07/02/2013

    Parabéns a equipe BeefPoint por trazer esta mensagem a todos nós.
    Acredito que são pequenos detalhes como este que nos motivam a ter força todos os dias para levantar mais cedo e olhar sempre mais longe.

  • Paulo Rogério Lopes - 07/02/2013

    O Brasil podia bem aprender com a lição do Tio SAM. Maravilha de apoio/suporte ao produtor rural, respeito e incentivo. Parabéns aos EUA. Paulo Rogério Lopes – BSB_DF.

  • Rafael Alves Pires - 07/02/2013

    Sem palavras…comercial nota 10!!!…

  • Edson Cardoso - 07/02/2013

    Parabéns pela postagem!

  • Kelsem Patricia Costa - 07/02/2013

    Uberaba, MG

    Só assim expandindo os reconhecimentos os produtores rurais tem. Sem eles não tem alimentos, nem industrias.

    Obrigado…

  • Durval Ribeiro de Gouveia Junior - 07/02/2013

    Quem já passou a noite em cima de um trator, ou atolado no barro, ou dormiu em cima dos bacheiros do seu cavalo no estradão, luta contra a cigarrinha, a onça comendo seus bezerros, o grilo comendo o capim de seu gado etc…..Quem já passou por isso e ainda recebe a ingratidão dos “urbanóides” sabe o que representa esse vídeo. Aconselho a “todas as pessoas que se alimentam” a assistir esse vídeo!!!!

  • Jose Evandro Padua Vilela Filho - 07/02/2013

    Simplesmente espetacular. É isso que fazemos aqui todos os anos durante toda nossa vida e somos taxados de bandidos pela maioria da imprensa, sociedade e até por ex- ministro (Ming), esse dislumbrado de colete.

  • Cristiano José Just de Andrade - 07/02/2013

    Equipe BeefPoint: Vocês são fantásticos. Valeu mais essa.

  • Liodeir Rodrigues Carvalho - 07/02/2013

    Emocionante, simples, verdadeiro … Quem mais deve valorizar o produtor rural é: o Produtor Rural. O produtor rural é de valor.

  • Daniel Wolf - 07/02/2013

    Excelente vídeo! Uma boa ideia para copa do mundo 2014! John Deere, Massey, Case e outros copiem a ideia da Dodge Ram… Abraços

  • Sebastião Ferreira Neto - 08/02/2013

    Concordo com Rafael Henrique e percebo que nos EUA o agricultor é visto como um profissional, um empresário. Pena que no Brasil, são marginalizados. Já perceberam como no Brasil, as profissões que deveriam ser mais enobrecidas, são as mais marginalizadas, o professor, o médico, o agricultor que trabalha duro para chegar a nossa mesa, o pão de cada dia. Pena que o mais enaltado é aquele que exibe seu corpo no BBB. Perdemos a noção de valores, infelizmente!

  • Sergio Tomanquevez - 08/02/2013

    Perfeito este comercial, muito lindo e que a simplicidade sirva de exemplo para os empresários e o governo brasileiro.
    Porque em um país que comercial de bolsa e calçado o personagem principal é uma mulher semi nua, acho difícil mudar esta cultura.

  • Oscar Gaia - 08/02/2013

    Nada como um povo, que sabe valorizar quem faz a diferença no dia a dia , em beneficio de todos. Aqui, na maioria das vezes, pra não dizer sempre, o Produtor Rural nem se quer é reconhecido. Muda Brasil, Vamos ter respeito e admiração por aqueles que plantam e criam o nosso alimento de todos os dias. Parabéns! Emocionante o video, vou mostrar ao meu filho.

  • Augusto Langeloh - 08/02/2013

    Muito bom o ‘comercial’ elogiando o ‘produtor rural’. Não é uma ‘vida fácil': diaria e anualmente a mesma coisa: ordenhar, plantar, colher e… rezar por chuva, saúde, contra pragas, etc. etc. Mas lembrar: o produtor rural dos EUA, Canadá e (bons) países da Europa dispõe de muita tecnologia e apoio governamental. Diferente do ‘colono’ no Brasil e ‘resto do mundo’. Ali sim, a vida é duríssima! Sem apoio, sem tecnologia, sem saúde, pouca escola, etc. Estes são heróis. E não falo da ‘bancada ruralista’ do Congresso que até hoje em muitos casos mantém mão de obra escrava.

  • Danilo Morão da Silva Villa - 08/02/2013

    Muito bom!

  • Selmo de Melo e Souza - 08/02/2013

    Deveria ser divulgado em horário nobre, mesmo que para isso tenhamos que colocar a mão no bolso e ajudar a pagar para ser visto no Brasil inteiro. FANTÁSTICO!!!! Já morei 3 anos nos EUA e sei como são organizados, eficientes e respeitam as leis. Muito diferente do Brasil.

  • Sergio Augusto de Andrade - 08/02/2013

    PARABÉNS!!! Espero que neste carnaval o mundo também possa conhecer a grande importancia dos nossos produtores rurais. Foi impossivel não chorar.

  • SIND. DOS PROD. RURAIS DE CAPINÓPOLIS - 08/02/2013

    Nós do Sindicato Dos Produtores Rurais de Capinópolis, ficamos felizes porque pelo menos os americanos sabem valorizar nossos produtores. Nossos governantes precisam assistir esse comercial, quem sabe assim nosso produtor rural será mais valorizado. Porque quem alimenta o mundo são os nossos produtores rurais. Parabens pelo comercial.

  • mario wolf filho - 08/02/2013

    Parabéns Miguel e sua Equipe

  • Ivan Roberto Brucceli - 08/02/2013

    Não me canso de rever!

  • Keila gomes da silva - 09/02/2013

    Parabéns Beef Point por nos ter dado a oportunidade de ver esse video,pena que país todo não possa ver fária muita gente pensar.Ótimo conteúdo.

  • flavio leal de freitas - 09/02/2013

    sensacional, é a valorização da classe produtora, que carrega o mundo nas costas e nem sempre são valorizados, me orgulho de ser um destes, parabens.

  • Carlos Salgueiro - 09/02/2013

    Que lembrança maravilhosa este comercial traz homenageando o Produtor Rual nos EUA, bem diferente de nosso Brasil, que não existe apoio nenhum para ajudar nossos heróis, precisamos que nossos POLÍTICOS olhem e que se espelhassem só um poquinho nesses que não tem hora, trabalhando dia e noite faça sol ou chuva, estão ali sempre para ajudar e muito o Brasil a colher mais e mais para assim estarem combatendo de uma forma a fome, a misséria e ajudando a desenvolver novas tecnologias.
    Parabéns Produtores Rurais Brasileiros um dia seremos reconhecidos……..

  • Jorge Nalin Arias - 09/02/2013

    Emocionante!!! Enquanto a grande mídia passa pra sociedade que os produtores rurais são glutões que choram de barriga cheia, pois vivem sentado em um saco cheio de dinheiro, e que somos os grandes vilões do meio ambiente e que as catástrofes do planeta vão ser resolvidas se plantarmos arvores em nossos campos… este vídeo mostra o quão sofrido, comprometido e dedicado somos, pois não só alimentamos nossa familia mas alimentamos um mundo todo. 99% dos alimentos que temos em nossa mesa todos os dias tem sua origem no suor de um PRODUTOR RURAL, inclusive a mesa… muito emocionante!

  • silvio césar s silva - 09/02/2013

    O produtor precisa ser mais valorizado, mais assistencia tecnica,mais união.Parabéns pelo o Comercial.

  • Joseli Nogueira Lelis - 10/02/2013

    Parabens ao Produtor Rural Brasileiro ! Tomara sermos lembrados com tamanha ênfase pelo nosso duplicar em dez anos a nossa produção de grãos, pelo nosso desenvolvimento de energia sustentavel, pela precocidade na produção de proteínas, e, principalmente a consciência de preservação da natureza !

  • zulmir Frare - 10/02/2013

    Extraordinário, me senti um pouco melhor, sou economista e agricultor por opção, cuido de vacas e crio, planto e as vezes colho tenho algum lucro e muitas vezes prejuízo, mas continuo, cresço apesar das dificuldades e continuo, meus filhos me acompanham e minha esposa e parceira questiona e sofre junto, sou teimoso por enfrentar estes governos que nos forçam a deixar a terra, muitos deixaram, parabens pela divulgação

  • Prof.Antonio João de Almeida - 10/02/2013

    Parabéns a Dodge Ram pela criação e a BeefPoint pela divulgação deste instrumento de valorização do produtor rural.E como já foi dito em alguns dos comentários,por que não as multinacionais de máquinas,medicamentos,herbicidas,etc que faturam milhões de dolares em nosso país retribuirem com algo semelhante em homenagem aos nossos produtores rurais

  • Luiz Gonzaga Pego de Macedo - 12/02/2013

    Sempre defendi que ações de valorização dos nossos guerreiros da produção de alimentos, fosse inserida na base do ensino fundamental, e que o governo Federal, Estadual e Municipal, incluissem nos respectivos orçamentos, verbas para camapanhas de valorização do produtos rural. Digo mais, deveria ter um espaço gratuito e obrigatório na TV, como existe o horário eleitoral para os partidos, para que as instituições que representam o seguimento pusessem divulgar campanhas de valorização dos produtor. Luiz Gonzaga, Técnico Agropecuária, Zootecnista , profesor, e Inspetor Técnico da ARCO em Maringá Paraná.

  • José Hermano Machado - 13/02/2013

    Espetacular. É por estas valorizações, que medimos um povo. Por favor, mande este vídeo para que seja divulgado em todos os meios de comunicação de nosso país. Mande para a senadora KATIA, da CNA, para divulgar. É melhor do que aquele que foi recentemente divulgado com o Pelé.

  • eduardo baroni - 13/02/2013

    O Sindicato Rural de Barra do Garças , MT , parabeniza a apresentação deste video, mas só teremos o reconhecimento da população quando os produtores rurais se unirem, e com isso nos tornarmos uma classe mais forte, com poderes de decisões.

  • Silmar Serafim - 14/02/2013

    Como se pode ver neste video:
    Realmente, lá se valoriza quem produz (QUEM ALIMENTA O MUNDO)
    Em toda parte do mundo, não se inicia um só dia sequer sem ter dependido de algo que tenha vindo de um “PRODUTOR RURAL”
    Parabés ao BeefPoint por ter achado esta maravilha de video. Mostra que voces valorizam os Produtores Rurais.
    Como alguns acima já disseram, aqui não temos uma politica que dá um respaldo a quem produz.
    Tem sim quem dá respaldo a quem SUFOCA quem produz.
    Estamos cansados de vermos frigorificos a todo tempo dando calote em produtores com essa tal de RECUPERAÇÃO JUDICIAL e outras maracutais que lhes são disponibilizados.
    No meu caso sou ligado direto a Pecuária desde meus avós, e continuo firme no propósito ou sei lá, poderia se dizer na LABUTA para sobreviver.
    Esperava que a bancada Ruralista que nos representa em Brasilia, peitasse mais a situação de nosso mercado exportador,
    pois é triste se ver um boato de uma suposta vaca que morreu há 3 anos, deixar os frigorificos manipularem nossos preços
    arrasadoramente para baixo, em tempo que se ouve e se ve falar que eles estão exportando cada vez mais, com lucros muito mais folgados.
    Estes sim podiam seguir o exemplo da propaganda, NA PRÁTICA.

    E em tempos de confirmadas presença de carne de cavalos em carnes que teriam de serem 100% bovina, cade nossos GOVERNANTES,
    para mostrar que nosso produto é 100% bovino e baterem em cima disso para nunca mais termos embargos sobre nosso produto?

    DEUS OLHAI POR NÓS A QUEM NOS DEU A MISSÃO DE ZELAR DESSA SUA IMENSA CRIAÇÃO QUE FOI A PROPRIEDADE RURAL.

  • Clovis Fronza Fontana - 14/02/2013

    Lá a sociedade é consciente, os políticos e a política são conscientes. Belo discurso. Bonito comercial. Grande valorização do produtor rural. Parabéns.

  • Léo Nogueira Schild - 15/02/2013

    Excelente mensagem sensibilizadora das massas urbanas que faz lembrar e máxima de que sem o produtor rural não existiriam as cidades. Por outro lado caberia inserir aí para onde caminha a qualidade de nossa alimentação nos dias de hoje. Caberia inserir a dependencia do produtor rural dos grande conglomerados. Caberia inserir informações sobre alimentação organica e o quanto ela será valiosa para a saude publica.

  • Eduardo César Sanches - 15/02/2013

    Dos meus olhos não caíram lágrimas, a emoção me provocou sim arrepio ao relembrar com saudades de meu pai que também foi um “produtor rural”, e assim como exemplifica o comercial, sempre teve coragem tanto para lidar com as adversidades naturais das atividades quanto para com seres NADA humanos, SEMPRE disposto ao amanhecer de cada dia, e sempre buscando mais do que obter dinheiro, NUNCA esquecendo que sua base é o meio ambiente e que este oferece muito mais do que um meio de ganhar dinheiro… E como já disse Regina Donadio Costa nestas postagens, e muito bem dito: “Que tudo isso seja olhado e VALORIZADO … Amém”

    E PARABÉNS à equipe do Beef Point.

  • Eduardo Luiz Ferraz de Souza - 15/02/2013

    Este comercial fez mais pelos produtores que toda a campanha e dinheiro gasto até agora, consegue atingir o ponto esquecido dos homens e mulheres talhados para serem produtores e esquecidos pela naçao em seus sitios e fazendas.
    Marqueteiros de plantao… aprende ai.
    O CNA aprende ai como se faz e busca o marqueteiro caipira da roça tá. Porque o da cidade nao vai conseguir transmitir o que a terra e seus produtores precisam.

  • Milton Luis Soares - 15/02/2013

    Que bela mensagem, apenas dois minutos para mostrar a grandeza e a importãncia do produtor rural.

  • Sady Borges - 16/02/2013

    Que sensacional! Pena que por aqui somos tidos como a pior raça (e mesmo assim tenho muito orgulho da minha origem e do que minha familia fez e eu faço até hoje).
    Será que alguma mente “BRILHANTE” da mídia brasileira teria a CORAGEM de fazer um filme desse enaltecendo o fazendeiro brasileiro?
    Acho que não e que o mais provavel seria um filme enaltecendo as desapropriações de terra.
    Que pena.

  • Jose Brígido Pereira Pedras Junior - 17/02/2013

    É emocionante essa criação da DODGE RAM sobre o produtor rural. É empolgante ouvir tal criação. Assim, é de se ser muito grato ao BeefPoint por dar publicidade a tal posicionamento.
    Infelizmente, para alguns, parece que o produtor rural não passa de um caipira, de nenhuma significação no desenvolvimento e bem estar do mundo.
    Valoriza-se, absurdamente, grupelhos que vivem atazanando o homem do campo. Veja-se, por exemplo, grupos que invadem imóveis rurais, se autointitulando de ruralistas sem terra. Está comprovado que são atitudes, politicas-ideológicas, que nada querem com a produção de alimentos para a população. E só procuram achincalhar aquele que realmente produz alimento.
    Felizmente, agora, o Judiciário brasileiro já está se posicionando de modo a reconhecer a personalidade jurídica desses grupelhos que invadem impunemente fazendas dos verdadeiros produtores. Tais bandidos, invasores, desrespeitadores do nosso sistema legal, não se constituem em pessoa jurídica para não serem atingidos em seus fabulosos patrimônios. Mas, agora, passam a ser pessoas de fatos e respondem, com seus patrimônios, pelos roubos e estragos de bens do verdadeiro produtor rural.
    Sou nascido e criado no meio rural. Mas, por contingência da vida, fui para a cidade para melhorar os conhecimentos, onde cursei faculdade de direito, exerci o magistério jurídico por mais de 20 anos, mas nunca deixei o trabalho rural, onde sempre estava nos finais de semana, e em todas as folgas que tinha dos afazeres da cidade.
    Parábens ao produtor rural, à Dodge, ao Beefpoint por esse novo e merecido enfoque que hoje se dispensa ao homem do campo.
    José Brígido Pereira Pedras Junior, fazendeiro de origem e advogado.

  • Mauricio M. Ronconi - 19/02/2013

    A simplicidade e a praticidade do povo americano é exemplar. Exemplo é esse comercial.
    Aqui no Brasil tudo é o contrário. O governo vê o produtor rural de modo equivocado.
    Cria dificuldades para o produtor rural tradicional. O setor sucroalcooleiro é prova disso. O governo quer matar no ninho esse setor em troca da politicagem do preço baixo da gasolina para agradar o povão. Trate o produtor rural como deve ser tratado, simplesmente com respeito e que o governo invista pesadamente em infra estrutura, para melhor atender a esses heróis. O Brasil pode mais e deve mais aos produtores rurais.

  • nelson Fabiao - 19/02/2013

    Nice video.The true soul of a farmer.It remember my father and the hope in my son.Congratullatiosn

  • Daverson Caroli - 19/02/2013

    Belíssima homenagem aos produtores rurais, que ao contrário daqui, lá são valorizados pelo trabalho que fazem para alimentar o mundo. O mais proximo disso que tivemos por aqui são os comerciais das novas L200 Triton e S10, mas que mesmo assim não chegam aos pés desse;
    *Só uma correção: a marca do comercial na verdade é a marca RAM, que é uma marca independente da Dodge para produção de picapes;

  • Iracema Calvo - 21/02/2013

    Fiquei emocionada com o que vi… Recordei meu esposo, que depois de 40 invasões pelo MST… faleceu num acidente, de desgosto, depois de 70 anos lutando nessa terra abençoada. Minha sogra, sem água, sem energia elétrica, cuidando de tudo. Depois eu, com meu esposo, filhas e filho, lutando por um mundo melhor… Queimaram nossa casa, até hoje furtam nossas cercas, de aroeira, matam nosso gado… E o que acontece??? Nada. Só fazemos B.O…. Quem nos ressarce desse prejuízo??? Eles não existem… São recebidos pelas autoridades… Não temos valor… Somos uns caipiras… No tempo de eleição, os candidatos colocam aqueles filmes… colheitas, tratores, milho jorrando, soja… Mas… quem produz??? Eles comem o que produzimos, e do melhor. E não valemos nada!!! Parabéns pela iniciativa. Que venham outros. Iracema Calvo – Presidente Prudente

  • Breno Miranda de Freitas - 22/02/2013

    Dá vontade de vender tudo que tenho aquí no Brasil e ser um produtor rural americano.
    Será que seríamos bem recebidos??
    Será que tem como veicular essa magnífica matéria nas redes de tevisões brasileiras?
    Se isso for veiculado penso que a população urbana brasileira entra em colapso. O governo brasileiro vai ficar enfurecido. A Prelasia da Igreja Católica morreria de ódio…
    Na verdade, eu gostaria de ver esse Brasil safado saciando sua fome com alimentos impordados: arroz, feijão, carne, soja, milho, trigo, até o algodão. Tudo importado. Infelizmente vemos quebras de safra ano após ano. Então a política do governo está correta (?). Na verdade teríamos que parar de plantar. Como resolver isso? Parece que não sei. Dá uma vontade de ser um produtor rural americano.

  • Fábio Machado Teles - 26/02/2013

    O comercial levou-me ao passado, minhas origens, o privilégio nascer na família dos meus pais, viver a infância em Monte Azul, MG, época que o maior movimento era o fluxo migratório dos nordestinos viajantes do trem baiano. As cenas retratando o cotidiano do produtor rural sob discurso marcante de Paul Harvey “DEUS CRIOU O PRODUTOR RURAL”, dito a 1ª vez em 1978 nas comemorações dos 50 anos da organização FFA enquanto Deng Xiaoping se tornava líder na China e Giesel revogava o AI 5 iniciando o processo de abertura política. A beleza do discurso retrata a história de 33 jovens fazendeiros, professores e profissionais da agricultura americana reunidos no Hotel Kansas City em 1928, o mundo comemorava 10 anos do fim da 1ª grande guerra e ano que antecedeu a grande crise de 1929 e aqui Monteiro Lobato criava a1ª açoaria pelo processo Smith. Da coragem desses jovens nasceu a Fundação FFA em agosto de 1944, época que a BBC veicula mensagem codificada aos aliados dos planos de libertação da França e no ano seguinte o Governo Brasileiro cria o DNOCS. Essa fundação já aportou mais de US$ 232 milhões em bolsas para formação de profissionais das ciências agrárias, pesquisadores e cientistas, os futuros fazendeiros americanos. Esses valores foram aportados pelas empresas do setor e por doações dos associados que pagam míseros US$ 7/ano! Isso mesmo US$ 7/ano que não compra um ingresso na geral de uma partida de futebol, sonho da maioria dos brasileiros. Meu pai plantava algodão, feijão, milho e mandioca em roçados de toco por que o trator era caro e difícil, criava ovinos, caprinos e suínos para consumo e bovinos para venda garantindo acesso aos estudos dos meus outros quatro irmãos e meu. Sacrificavam ao máximo para nos educar e acolher os retirantes das secas que lá se aportavam e diziam que ninguém vive sozinho e se houver união e estudos superarão nossas dificuldades e que a mais profícua revolução é aquela na qual os homens se unem para aprender e trocar conhecimentos. Vamos juntos revolucionar nossos sertões e exemplos como o MATOPIBA surgirão em outras regiões. Para isso precisamos de mais ensino, pesquis e extensão voltados para o campo construindo agricultura sustentável nos diversos biomas que temos neste país continental chamado Brasil.
    Fábio Machado Teles – Med. Veterinário – Consultor do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento e Responsável pela Carteira de Leite e Derivados da Agricultura Familiar

  • João Hilário da Silva Jr. - 28/02/2013

    Isso é marketing de uma causa. O que o produto/marca Dodge Ram fez é genial sob o ponto de vista estratégico de comunicação. Fazendo-se valer de algo já conhecido e forte (o discurso de Paul Harvey) e associando-se a essa causa. Muito bom. De se tirar o chapéu. Abs. JH

  • Laureano Galeazzi - 28/02/2013

    Incrível a força do comercial que move a ponto de despertar a vontade de voltar a ser produtor rural! Só que é e quem já foi sabe…

  • Laércio Lira Diniz - 03/03/2013

    A realidade brasileira é vergonhosa. A tributação imposta em vez de acelerar a melhoria das estradas, ampliação dos portos alimenta uma corrupção que nos deixa indignados. Mesmo assim o produtor rural brasileiro segue em frente deixando de lado e se quiser financiar uma caminhonete que tenha ar condicionado corre o risco de seu projeto ser recusado,brincadeira se não fosse verdade.

  • Peter Baines - 04/03/2013

    The best video, about the importance of the man in the field, the farmer!!!
    O melhor video, sobre a importancia do homem no campo, o agropecuarista!!!

  • José Pereira Neves - 04/03/2013

    Maravilhoso!!!!!!!!! Agora só falta o produtor rural ver que ele é a base de praticamrnte tudo, e passe a dar mais valor ao seu produto, valorizar mais sua vida, unir-se mais uns aos outros. Porque produtor sem unir, jamais vai sorrir.

  • Tiago Dutra - 04/03/2013

    Sensacional, faz realmente o coração bater mais forte.

  • Francisco Flávio Dias Carneiro - 04/03/2013

    Simplesmente emocionante! Docemente cativante!

  • Carlos Alberto Coletti - 04/03/2013

    Um dia aqui no Brasil vão dar valor pro agricultor. Hoje somos criminosos, culpando-nos do meio ambiente. Só que comer barato todo mundo gosta.

  • Joao Alvaro Friedrich - 05/03/2013

    É um comentário magnifico, o que nos falta é politica agrária mais séria, temos aí grandes exemplos, caímos no conto do vigário… COPA DO MUNDO, OLIMPIADAS, MILHOES, BILHOES… aí pergunto: e a agricultura e a pecuária? é triste…

  • Luizinho Santana - 05/03/2013

    Em quase todos os lugares do mundo todos os produtores rurais são respeitados e enaltecidos, mas aqui no Brasil isso é para poucos, só o merecem alguns poucos grandes e quase todos os que praticam a agricultura dita paraguaia (leia-se sem terra) ou familiar, como se os médios não a praticassem.

  • Marcelo de Souza Lima - 22/04/2013

    É maravilhoso iniciar a semana assistindo um comercial desse nível. Falo em nível por se tratar de uma propaganda dentro de um evento importante naquele país e muito caro para o evento daquele porte.
    Maravilhoso por ver a simplicidade com que se propaga algo que possa vir a se tornar o desejo de muitos, afinal é um automóvel, mas, antes, sensibiliza a todos com uma mensagem muito forte. Isso é maravilhoso.
    A criatividade de quem bolou o comercial faz com que a crença de que exista um ser superior coordenando essa globalização, muitas vezes desenfreada, está sob o controle e que devemos seguir bons exemplos, por isso, criou o produtor rural.
    Não tem outra palavra para o meu encantamento com o comerial a não ser fantástico.

  • Fernanda Rodriguez - 11/05/2013

    P A R A B É N S !!!

  • Maria Helena Lunardelli - 30/05/2013

    Muita emoção ao lembrar, também da minha infancia, meu pai sofrendo com a geada, minha mãe costurando panos enormes para forrar o chão na colheita de café,…É, produtor rural é um sacerdócio. Muito obrigada.

  • Bruno Calil Fonseca - 26/12/2013

    A equipe Beef Point trás aos brasileiros a demonstração de respeito do povo americano. A fidelidade de suas empresas e o jeito saxônico de proceder e valorizar as raízes. Estamos caminhando para este patamar. E Deus com certeza é brasileiro e valorizará o produtor rural!

  • Lázaro César Rodrigues (Leiloeiro RURAL) - 06/01/2014

    Aqui no Brasil Deus também criou o Produtor Rural e o Demônio criou o PT. Este inferniza o Produtor Rural.

  • Gian Carlo Seganfredo - 06/01/2014

    Parabéns para a RAM e parabéns ao povo norte americano em saber valorizar seu produtor rural preservando assim sua cultura.

  • Francisco José Buosi - 06/01/2014

    O dia em que os brasileiros urbanos tiverem respeito e orgulho dos brasileiros rurais o BRASIL será a grande nação que o mundo espera que sejamos, por incrível que pareça ainda tem pessoas que pensão que o leite e feito artificialmente e colocado nas caixinhas e a carne de qualidade é feita nos frigoríficos, como sugere algumas propagandas.
    Tenho esperança que tudo vai melhorar e quem sabe algum dia teremos o dia do ano em homenagem ao produtor rural, pois hoje em dia nem se lembram desta data e ela existe.
    Que Deus nos proteja nos oriente para produzirmos sempre mais e melhor.

  • marcelo costa - 26/04/2014

    Somente hoje, 26 de abril de 2014, vi este vídeo. Sensacional, altamente criativo, e de grande merecimento por parte do produtores rurais. Emocionante, mesmo. Nem tenho mais palavras para demonstrar minha admiração. Acho que só mesmo no Brasil o produtor rural é tratado quase como marginal, bandido e com tanta discriminação….

Os comentários estão encerrados.


ou utilize o Facebook para comentar

DESCULPE, MAS...

Escreva seu e-mail abaixo para ter acesso a este e todos os artigos do BeefPoint. Uma vez cadastrado, seu acesso é 100% livre e grátis!

Seu e-mail está 100% seguro conosco.