Brasil diversifica exportações de gado para a Turquia

O Brasil vai diversificar e ampliar as exportações de gado para a Turquia. Nesta segunda-feira (29), os dois países concluíram a negociação para o estabelecimento de protocolo sanitário específico para exportação de bovinos destinados ao abate imediato. A expectativa do setor exportador brasileiro é embarcar, até o final deste ano, cerca de 100 mil cabeças para abate naquele país.

O protocolo é vantajoso para ambas as partes, porque exigirá um número menor de exames, além de reduzir o período de quarentena. Isso diminui o custo de produção. Há também a tendência de que essas exportações agreguem valor, porque os animais a serem embarcados deverão ser machos “terminados”, com peso superior a 450 quilos.

O Mapa quer diversificar ainda mais o comércio de animais e seus produtos com a Turquia.

O protocolo estabelecido nesta segunda-feira decorre de acordo feito entre o Mapa e as autoridades veterinárias turcas, em agosto de 2015, para exportação de gado destinado à engorda no país euro-asiático.

Fonte: Mapa, resumida e adaptada pela Equipe BeefPoint.


ou utilize o Facebook para comentar