Aumenta número de bois que morreram de fome em fazenda do PR

Subiu para 76 o número de bois que morreram por falta de alimentação em uma fazenda em Altônia, no noroeste do Paraná. Na quinta-feira (25), a Polícia Ambiental encontrou mais 26 cabeças de gado mortas no local. No dia anterior foram 50. No entanto, a quantidade pode ser ainda maior, pois durante a fiscalização os policiais descobriram mais oito valetas que foram utilizadas para enterrar animais mortos. O proprietário da fazenda não foi preso.

A Polícia Ambiental chegou até o local após uma denúncia anônima. Além dos bois mortos, pelo menos outros mil bovinos estavam magros, alguns agonizando. De acordo com o sargento Oliveira, a falta de planejamento do administrador fez com que os animais ficassem sem pasto.

O dono da propriedade não foi localizado pela Polícia Ambiental. Ele deve responder pelos crimes de maus tratos a animais e por danos em área de preservação permanente. A suspeita é de que o solo e a água tenham sido contaminados após a morte desses animais.

Fonte: G1, resumida e adaptada pela Equipe BeefPoint.


ou utilize o Facebook para comentar