Assembleia que discutirá novo conselho da JBS será nos próximos dias

O presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Paulo Rabello de Castro, disse há pouco que deverá ser marcada para os próximos dias a assembleia geral extraordinária de acionistas da JBS que discutirá a nova composição do conselho de administração da companhia.

Ele citou que, dos nove integrantes do conselho da JBS, dois representam o BNDES e dois são independentes e destacou que o BNDES está estudando, em conjunto com os demais acionistas da JBS, uma nova composição no conselho e lembrou que a empresa já se antecipou e anunciou novos comitês no conselho — um de governança e outro de finanças, nos quais representantes do BNDES estarão presentes.

“O banco está exercendo seu papel de minoritário relevante, junto com a Caixa Econômica Federal. Esses dois minoritários da JBS têm um quarto do capital da companhia, atuamos e votamos conjuntamente, e a eles se somam fundos de investimento, que conversam diuturnamente conosco. O que a AGE vai discutir são os rumos da gestão”, disse.

Rabello de Castro disse, ainda, que o BNDES está consciente de que a JBS passa por um “momento delicado” e que, por isso, o banco tem trabalhado para “facilitar o acordo de credores” da empresa e tem urgência para regularizar os créditos da companhia.

“É o mercado pecuário que sofre por redução de liquidez, da capacidade de comprar pela JBS. Daí nossa urgência para que haja regularização dos créditos da empresa. Que em reunião de credores fique reescalonado os créditos de curto prazo da empresa. Estamos atuando para facilitar o acordo de credores, embora sejamos sócios e não credores”, completou.

Ainda segundo o presidente do BNDES, a JBS é um dos negócios “mais bem-sucedidos e mais bem bolados da BNDESPar”. Questionado se é favorável à troca de comando da companhia, ele afirmou que defende “o melhor para a companhia”.

Fonte: Valor Econômico, resumida e adaptada pela Equipe BeefPoint.

Deixe seu comentário

Todos os campos são obrigatórios


ou utilize o Facebook para comentar